sábado, 1 de março de 2014

1 DE MARÇO - ALBERTO OSÓRIO DE CASTRO



EFEMÉRIDEAlberto Osório de Castro, juiz e poeta português, nasceu em Coimbra no dia 1 de Março de 1868. Morreu em Lisboa, em 1 de Janeiro de 1946.
Aos 21 anos, licenciou-se em Direito na Universidade de Coimbra. Foi juiz nas antigas colónias portuguesas, na Índia, em Angola e em Timor. Após regressar a Portugal, exerceu as funções de juiz do Supremo Tribunal de Justiça e foi presidente do Conselho Superior de Administração Pública, sendo ainda ministro da Justiça no governo de Sidónio Pais.
Na literatura, esteve ligado ao nascimento da revista “Boémia Nova” e estreou-se na poesia com a obra “Exiladas”, em 1895. É descrito como estando situado entre o decadentismo e o simbolismo, evoluindo posteriormente para um formalismo de sabor parnasiano. Colaborou na revista “Alma Nova”, começada a publicar em Faro no ano de 1914, e no jornal humorístico “A Comédia Portuguesa”, publicada a partir de 1888, bem como nas revistas “A illustração portugueza” (1884/90) e “Atlântida” (1915/20).
Politicamente, foi um dos membros do Partido Centrista Republicano e presidente da direcção do Centro/Grémio Centrista de Lisboa.
Além da poesia, de que publicou vários livros, dedicou-se a estudos de antropologia, etnologia e botânica. Publicou ainda – em 1943 – a monografia “A Ilha Verde e Vermelha de Timor”.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...