domingo, 2 de março de 2014

2 DE MARÇO - FERNANDO LUSO SOARES



EFEMÉRIDEFernando Augusto de Freitas Mota Luso Soares, advogado, ficcionista, ensaísta e dramaturgo português, nasceu em Alenquer no dia 2 de Março de 1924. Morreu em Lisboa, em 27 de Julho de 2004. Foi magistrado do Ministério Público. Como dramaturgo, seguiu a corrente de teatro narrativo de influência brechtiana.
Traduziu diversos escritores para a língua portuguesa (Maiakovski, Giraudoux e Vitrac, entre outros), tendo igualmente comentado várias obras de outros autores, como: “História Trágico-Marítima” de Bernardo G. de Brito; “Manual dos Inquisidores” de Nicolau Emérico; e "O Processo dos Távoras: A Expulsão dos Jesuítas – Conselho de Ministros de D. José I”.
Como advogado, defendeu – juntamente com Manuel João da Palma Carlos e Francisco Salgado Zenha – alguns réus que foram perseguidos pela PIDE durante o regime salazarista. Foi também famoso o seu processo judicial em defesa da Infanta Maria Pia de Saxe-Coburgo e Bragança, que reivindicava a legitimidade enquanto Duquesa de Bragança e reclamava a chefia da Casa Real de Portugal. Foi autor de vários compêndios jurídicos.
Co-dirigiu “Cronos: Cadernos de Literatura” (1965/70). Na sua formação como ficcionista, revelou-se de especial importância a leitura dos contos de Fernando Pessoa, na apreensão das técnicas da “novela policial dedutiva”. Desenvolveu ainda a actividade de crítico teatral.  

NB – Não tendo conseguido obter uma foto de F. Luso Soares, é utilizado, para ilustrar esta mini biografia, o fac-simile da capa de uma das suas últimas obras.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...