quinta-feira, 15 de julho de 2004

DÚVIDA CRUEL

O sujeito tinha quatro filhos, três bonitos, fortes e saudáveis e um, o mais novo, que se chamava Josias e era mirradinho, raquítico, todo estropiado. Viveu a vida toda, desconfiando da mulher, mas nunca tivera coragem de tocar no assunto. Porém, já no seu leito de morte, desabafa:
- Meu amor... eu gostaria de saber se o Josias é realmente meu filho.
- Querido...
- Por favor, não mintas pra mim. Se não for, não tem problema... eu te perdoo desde já. Eu só queria saber a verdade...
- Sim, querido. - Responde a mulher. - Tu és o pai de Josias sim, juro por tudo o que é mais sagrado...
- Puxa, que bom ouvir isso... – Solta o seu último suspiro e morre.
E a esposa, aliviada:
- Ainda bem que ele não perguntou dos outros três!

E pronto, o «TopaTudo» vai para férias. Reencontro em meados de Agosto. Passem bem!


terça-feira, 13 de julho de 2004

TESTE:

Mulher ou travesti? Faça o teste neste site. Em 16, acertei em 14. Nada mau!
http://custurd.b3ta.com/femaleorshemale/#

PARA SORRIR:

Num convento de freiras, daqueles muito ortodoxos, a Madre Superiora, enquanto desperta, murmura:
- Que manhã linda! Hoje não vou perturbar as pobres das freiras. Vou tratá-las bem.
Levanta-se e começa a ir aos claustros.
- Bom dia, Irmã Josefa. Está com boa aparência. E a camisola que está a tricotar!?
- Obrigada, Madre. A senhora também está muito bem, mas parece que se levantou do lado errado da cama, não!?

A Madre não gostou nada do comentário final mas continuou. No claustro seguinte repetiu:
- Bom dia, Irmã Maria, que boa aparência tem hoje. E que bonito está a ficar esse seu bordado.
- Obrigada, Madre. A senhora também está com bom aspecto. Mas vê-se que hoje se levantou do lado errado da cama.

A Madre Superiora ficou furiosa mas seguiu o seu caminho. Porém, todas as freiras respondiam o mesmo. Assim, quando chegou à quinta freira já estava irritadíssima e saudou-a com os dentes cerrados.
- Bom dia, Irmã Leonor. Seja sincera. Estou com ar de quem se levantou do lado errado da cama?
- Sim, Madre.
- E por quê?
- É que a senhora calçou as sandálias do Padre João...



segunda-feira, 12 de julho de 2004


LEMBRANDO O SEU CENTENÁRIO:

«Ser poeta é saber olhar as coisas»
--------
«Morre lentamente
quem não viaja,
quem não lê,
quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo
»

(Pablo Neruda)
 Posted by Hello
PARA RIR:

Elogiando o defunto

Velório na igreja, caixão fechado, família reunida. E o padre começa a prestar a última homenagem ao falecido:
— O finado era um excelente cristão... Ia à igreja todos os domingos, era muito fervoroso...
— Era também um pai exemplar! Nunca deixava faltar nada para os seus filhos...
— E, acima de tudo, era um óptimo marido... Cumpria sempre com as suas obrigações, cuidava bem da sua esposa, era fiel, chegava a casa na hora certa...
— Senhor padre!
— Interrompe a viúva — Desculpe interromper, mas... Eu gostaria que abrissem o caixão! Não é possível que o senhor esteja falando do meu marido!

Velhice

Um septuagenário veste o casaco preparando-se para sair de casa.
A mulher, sentada em frente da televisão, pergunta-lhe:
- Onde é que vais?
- Vou ao médico
– Responde ele.
- Porquê? Estás doente?
- Não. Vou ver se ele me receita Viagra.
A mulher, levanta-se da cadeira de baloiço, e vai também buscar o casaco.
Ele pergunta-lhe:
- E tu onde é que vais?
- Vou também ao médico.
- Porquê?
- Se vais começar a usar uma coisa enferrujada, acho melhor ir vacinar-me contra o tétano...


SARDINHADA EM ALMADA (quadras)

São João vou festejar
Na bela zona de Almada.
Desde Abril ando a sonhar
Com a grande sardinhada.

Liberdade é Abril
E São João é Almada
O vinho é do barril
A sardinha é bem assada

Em Abril antecipei
O São João em Almada
O Cristo Rei convidei
P’ra gostosa sardinhada

sábado, 10 de julho de 2004


MARIA DE LURDES PINTASILGO: - Mais uma perda para Portugal, neste ano de 2004. Em determinado período da minha vida, tive a honra de ter com ela um relacionamento muito frequente e amistoso. Eu trabalhava no aeroporto e ela viajava assiduamente para Paris. Era de uma simpatia extrema. Que repouse em paz a única mulher portuguesa que, até hoje, chegou a Primeiro-ministro.

MEMÓRIA:

Sem saber porquê, veio-me à memória uma quadra que fiz à minha namorada e futura mulher há cerca de cinquenta anos e que não estava escrita em parte alguma:

«Quem porfia sempre alcança
Lá diz um velho rifão
Eu, como isto não cansa,
Faço versos até mais não
»

Apenas como curiosidade, pois devia ter uns quinze anos…


PORTUGUÊS…

Fala-se cada vez pior português… Há dias, num programa de televisão, dizia-se que antigamente havia a preocupação de falar a nossa língua correctamente e a propósito indicava-se a palavra «vestoria» que é amiudadamente utilizada em vez de VISTORIA. A todos os níveis – acrescento eu. Noticiários, reportagens, programas humorísticos, políticos, ministros… Enfim, parece que o falar e escrever mal português é coisa contagiosa. A propósito, porque se dirá hoje «meter uma coisa na mesa». Francesismo? (mettre…). Outrora dizia-se: «meter uma coisa na gaveta e pôr uma coisa na mesa» …


JÁ NÃO É FEIO UM HOMEM CHORAR!

São os jogadores de futebol, os políticos, o Presidente da República… Ainda recentemente, vi Jorge Sampaio tentando reprimir a emoção ao condecorar os jogadores do Euro 2004 e o futebolista Paulo Bento a chorar copiosamente ao dizer adeus ao futebol e recordando o seu já falecido pai. Porque também sou extremamente sensível, sabe bem não estar só…


E AGORA PARA SORRIR…

Viagra Plus

No mês que vem será lançado no mercado o Viagra Plus, especialmente para homens casados.
A diferença é que este, além de aumentar o apetite sexual, diminui a visão!


sexta-feira, 9 de julho de 2004


Peixaria «Portugal»... Posted by Hello
MENTIRAS…

Um táxi é mandado parar por uma freira que, de seguida, entra no carro. O taxista não se cansa de a olhar. Até que ela lhe pergunta por que ele a olha assim. Ele explica:
- Tenho uma coisa para lhe pedir mas não quero que fique ofendida.
Ela diz-lhe:
- Meu filho, dificilmente me pode ofender. Sou freira há muito tempo e já vi e ouvi de tudo. Concerteza não há nada que me possa dizer ou pedir que eu ache ofensivo.
- Sabe, é que sempre tive na cabeça a fantasia de ser beijado por uma freira...

Ela responde-lhe:
- Bem, vamos lá a ver o que é que eu posso fazer por si: 1º - tem que ser solteiro e 2º – tem que ser Católico.
O taxista fica entusiasmado:
- Sim, sou solteiro e sou Católico também!
A freira diz-lhe:
- Então, pare o carro ali na próxima travessa.
E a freira satisfaz a velha fantasia do taxista. Mas quando continuam para o destino, o taxista começa a chorar.
- Meu filho – Diz a freira – Porque é que está a chorar?
- Perdoe-me Irmã, mas confesso que lhe menti: sou casado e sou Protestante.
A freira conforta-o:
- Deixe lá, eu também estou a caminho de uma festa de Carnaval e chamo-me Alfredo.
TARTARUGA EM CIMA DO POSTE...

Enquanto suturava uma laceração na mão de um velho lavrador (ferido por um caco de vidro indevidamente deixado no chão), o médico e o doente começaram a conversar sobre o Santana Lopes.
E o velhinho disse:
- Bom, o senhor sabe... o Santana é uma tartaruga num poste...
Sem saber o que o camponês queria dizer, o médico perguntou o que era isto duma tartaruga num poste.
A resposta foi:
- É quando o senhor vai por uma estradinha e vê um poste da vedação de arame farpado com uma tartaruga equilibrando-se em cima dele. Isto é uma tartaruga num poste...
O velho camponês olhou para a cara de espanto do médico e continuou com a explicação:
- Você não entende como ela chegou lá;
- Você não acredita que ela esteja lá;
- Você sabe que ela não subiu lá sozinha;
- Você sabe que ela não deveria nem poderia estar lá;
- Você sabe que ela não vai conseguir fazer absolutamente nada enquanto estiver lá;
- Então tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de lá!
VACA

Um casal de namorados – ela brasileira, ele português – está num banco do jardim.
Ele está amuado. Ela muito meiga, muito dengosa:
- Quiridjinho! Não seja assim. Mi djiga qualquerre coisa qui mi dêleitche.
- Vaca!

quarta-feira, 7 de julho de 2004

terça-feira, 6 de julho de 2004

JAPONESAS – CURTAS

P: Sabem o que quer dizer mini-saia em japonês?
R: Moto Ku!

P: Sabem como se diz SIDA em japonês?
R: Irocumata.

P: Como se chama um japonês com ejaculação precoce?
R: Iatá!

P: E como se chama a mulher do japonês com ejaculação precoce?
R: Fumigado?

P: Como é que se diz viagra em Japonês?
R: Takitáteso!

P: Sabem como é que se diz valente em japonês?
R: Tebato nakara.

P: Sabem como é que se diz impotente em japonês?
R: Tachocho nakama.

P: Sabem como se pronuncia arranha-céus em japonês?
R: Taki ta Kair.



ASSALTO EM TÓQUIO

A Polícia estava a mandar parar várias pessoas por causa de um assalto ocorrido num banco, quando pára uma carrinha cheia de japoneses.
- Desçam todos! - Grita o polícia. - Mãos na cabeça!
Eles obedecem em silêncio.
- Agora um a um, vão dizendo os nomes:
E eles:
- Sartamo Obanko.
- Matamo Okasha.
- Kontiro Nosako.
- Katamo Osnique.
- Saimo Koreno.
- Fugimo Nacarinha.
- Osguarda Pararo.
- Tomamo Noku.

O cascol diz tudo... Posted by Hello

segunda-feira, 5 de julho de 2004

EURO 2004

«Quem não sabe aceitar a derrota, não merecerá um dia a vitória. Os portugueses querem merecê-la...»

Exultei como a maioria dos portugueses. Acho que o Euro 2004 foi importante. Muito importante mesmo. Mas daí a fazer como um sociólogo que, no seu Congresso, afirmou que «não havia acontecimento tão importante desde os Descobrimentos» … Ou como um repórter televisivo que perguntou a um entrevistado quais tinham sido as manifestações mais importantes: «se as do 25 de Abril ou as do euro»...

Enfim, a festa acabou, mas a crise continua!

domingo, 4 de julho de 2004


Parabens Gregos!! Também nós tivémos um sonho lindo, mas vocês realizaram-no!!  Posted by Hello

FALTAM MENOS DE SEIS HORAS PARA A FINAL!!
Comprei hoje uma camisola de «Portugal». Feita na Irlanda. A equipa portuguesa dá-nos motivos de orgulho. Os empresários portugueses mostram-nos a sua falta de iniciativa. Uns fazem aumentar a nossa auto-estima; outros mostram-nos porque a retoma demora tanto!
De qualquer modo: Força Portugal!! Posted by Hello

sábado, 3 de julho de 2004


Já António Aleixo dizia... Posted by Hello

Transforme-se em realidade o nosso sonho colectivo!!  Posted by Hello
Sophia – uma voz que se calou, uma saudade que ficou:

QUANDO

Quando o meu corpo apodrecer e eu for morta
Continuará o jardim, o céu e o mar,
E como hoje igualmente hão-de bailar
As quatro estações à minha porta.

Outros em Abril passarão no pomar
Em que eu tantas vezes passei,
Haverá longos poentes sobre o mar,
Outros amarão as coisas que eu amei.

Será o mesmo brilho, a mesma festa,
Será o mesmo jardim à minha porta,
E os cabelos doirados da floresta,
Como se eu não estivesse morta.

PENSAMENTO DO DIA

"Percebe-se melhor o (mau) nível de vida de um país quando até o Primeiro-Ministro emigra"...


sexta-feira, 2 de julho de 2004


Recordando Sophia de Mello Breyner Andresen, desaparecida hoje:

25 DE ABRIL

Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

 Posted by Hello
MAR E AMOR

As ondas trazem-me ao colo
E o mar é meu amigo
Para não cantar a solo
Cantam as ondas comigo

Tirando minha secura
Refrescando meu calor
Tem gotinhas de ternura
O meu poema de amor…

Toda a água do mar
Leva ternura consigo
Teus olhos vão transformar
Cada poema um abrigo,

Mil palavras te vou dar
P’ra que sintas meu amor
Recebe com teu olhar
Cada palavra uma flor!

NB: - Mote obrigatório «Cantam as ondas comigo / O meu poema de amor… / Cada poema um abrigo, / Cada palavra uma flor!» de Maria José Fraqueza

quinta-feira, 1 de julho de 2004


Mais palavras para quê? Ah... Já agora também uma pontinha de sorte !! Posted by Hello
APENAS TENTE COMPREENDER…

Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente, quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado.
Ele vira-se para o chinês e pergunta:
- Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o defunto virá comer o arroz.
E o chinês responde:
- Sim, quando o seu vier cheirar as flores.

Moral da História:
"Respeitar as opções do outro, em qualquer aspecto, é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferente e pensam diferente. Portanto, nunca julgue. Apenas tente compreender."

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...