domingo, 16 de novembro de 2014

TEUS PERGAMINHOS (glosa de quadra)


«Ó Borba teus pergaminhos
São selos de garantia
Que tu és a mãe dos vinhos
E também a da poesia.»
José Miranda

TEUS PERGAMINHOS
(glosa)

Princesa do Alentejo,
És a rainha dos vinhos.
Ao olhar p’ra ti, eu vejo
Ó Borba teus pergaminhos.

Belo dia vou passar,
Com boa gastronomia.
Os doces para acabar
São selos de garantia.

E como acompanhamento,
Os tintos e os branquinhos,
Relembrando no momento
Que tu és a mãe dos vinhos.

Gostava de aqui viver
E sentir no dia-a-dia,
Que és mestra a receber
E também a da poesia!

Gabriel de Sousa

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...