terça-feira, 5 de julho de 2011



EFEMÉRIDENuno Gomes, de seu verdadeiro nome Nuno Miguel Soares Pereira Ribeiro, futebolista português, nasceu em Amarante no dia 5 de Julho de 1976.

Representou a Selecção Portuguesa 77 vezes, tendo jogado nos Europeus de 2000, 2004 e 2008 e nos Mundiais de 2002 e 2006. É o 4º melhor marcador de sempre da Selecção Nacional com 29 golos, sendo superado apenas por Pauleta (47 golos), Eusébio (41) e Figo (32).

Passou a utilizar o apelido “Gomes” em homenagem ao seu ídolo de infância, Fernando Gomes, antigo jogador do F. C. do Porto.

Fez a sua estreia no Boavista F.C. na época de 1994/95, com 17 anos. Em 1997 transferiu-se para o S. L. e Benfica onde jogou até 2000.

O sucesso no Euro 2000 fez com que vários clubes estrangeiros mostrassem o seu interesse por Nuno Gomes e a transferência consumou-se para o A. C. Fiorentina, pelo valor de 15 milhões de euros. O clube italiano, porém, passou por dificuldades financeiras e Nuno acabou por deixá-lo dois anos depois.

Regressou ao Benfica em 2002, mas uma série de arreliadoras lesões fez com que jogasse apenas 70 vezes de 2002 a 2005. Na época 2005/2006 marcou 15 golos na Liga Portuguesa, incluindo 2 contra o Porto num jogo que o Benfica venceu por 2-0 e um hat-trick contra a União de Leiria, terminando a competição em 2º lugar na lista de melhores marcadores.

A partir da época 2006/2007, a sua titularidade no Benfica começou a ser irregular, mais ainda depois da contratação do paraguaio Cardozo.

Atingiu em 2008 a marca de 150 golos em jogos oficiais pelo Sport Lisboa e Benfica.

O seu contrato foi renovado por mais dois anos em Julho de 2009, estando previsto que a sua carreira terminaria no Benfica quando perfizesse 35 anos.

Após o final da época 2010/11, Nuno Gomes deixou no entanto o Benfica e partiu para o S.C. de Braga para jogar mais uma temporada.

Nuno Gomes fez a sua estreia na Selecção Nacional com 19 anos (1996), num jogo amistoso com a França. Marcou o seu primeiro golo no jogo de abertura do Euro 2000 contra a Inglaterra, em que Portugal recuperou de uma desvantagem de 2 golos para vencer por 3-2.

Nos jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2002, marcou sete golos em seis jogos.

Nos jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2006, lesionou-se por várias vezes, jogando só quatro jogos e marcando apenas um golo.

Depois de Pauleta deixar a Selecção em 2006, esperava-se que Nuno Gomes fosse o seu sucessor na posição titular de avançado, mas tal não aconteceu. Jogou somente 10 jogos e marcou por 3 vezes nos jogos de qualificação para o Euro 2008.

Na fase de qualificação para os Mundiais de 2010, Nuno Gomes não foi convocado para alguns dos jogos nem constou da lista dos 23 jogadores escolhidos por Queiroz para se deslocarem à África do Sul.

Foi Campeão Europeu de Sub-18 (1994); Campeão Nacional de Juniores e vencedor de uma Taça de Portugal (1997) pelo Boavista; venceu uma Taça de Itália pelo Fiorentina (2001); ganhou uma Taça de Portugal (2004), três Taças da Liga (2009, 2010 e 2011), foi Campeão Nacional (2004/2005 e 2009/2010) e venceu uma Super Taça Cândido de Oliveira pelo Benfica.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...