quinta-feira, 19 de abril de 2018

19 DE ABRIL - PIERRE CURIE


EFEMÉRIDE - Pierre Curie, físico francês, pioneiro no estudo da cristalografia, magnetismo, piezoelectricidade e radioactividade, morreu em Paris no dia 19 de Abril de 1906. Nascera na mesma cidade em 15 de Maio de 1859. Recebeu o Prémio Nobel de Física de 1903, juntamente com a sua mulher Marie Curie, outra famosa física, e com Henri Becquerel.
Pierre foi um dos fundadores da física moderna. Não frequentou a escola primária nem a secundária, sendo educado em casa pelos pais. Nos primeiros anos da sua adolescência revelou uma forte aptidão para a matemática e a geometria. Aos 16 anos, obteve o bacharelato em Ciências e, aos 18 anos, já tinha estudos equivalentes a um grau superior, mas não seguiu imediatamente para o doutoramento por falta de dinheiro. Em vez disso, trabalhou como instrutor de laboratório.
Em 1880, Pierre e o seu irmão mais velho, Jacques Curie, demonstraram que se gerava um potencial eléctrico quando se comprimiam cristais, a piezoelectricidade, e esse comportamento foi utilizado mais tarde em gira-discos e altifalantes. Pouco depois, em 1881, demonstraram a existência do efeito inverso: que os cristais podiam ser deformados quando submetidos a um campo eléctrico. Quase todos os actuais circuitos electrónicos digitais recorrem a este fenómeno.
Antes dos seus famosos estudos de doutoramento sobre o magnetismo, concebeu e aperfeiçoou uma balança de torsão extremamente sensível para medir os coeficientes magnéticos. Os investigadores que o seguiram nesta área utilizaram regularmente este equipamento. Pierre Curie estudou o ferromagnetismo, o paramagnetismo e o diamagnetismo para a sua tese de doutoramento, descobrindo o efeito da temperatura sobre o paramagnetismo que é actualmente conhecido por lei de Curie. A constante material da lei de Curie é conhecida como a constante de Curie. Também descobriu que as substâncias ferromagnéticas apresentam uma temperatura crítica de transição, acima da qual as substâncias perdem o seu comportamento ferromagnético. Esta temperatura é conhecida por ponto de Curie.
Pierre trabalhou com a sua mulher Marie Curie no isolamento do polónio e do rádio. Eles foram os primeiros a usar o termo “radioactividade”, sendo pioneiros no seu estudo.
Pierre Curie e um estudante seu foram os primeiros a descobrir a energia nuclear, ao identificarem a emissão contínua de calor das partículas do rádio. Ele também investigou as emissões de radiação das substâncias radioactivas e conseguiu demonstrar, com o recurso a campos magnéticos, que as emissões apresentavam carga positiva, negativa ou eram neutras. Essas emissões correspondem às partículas alfa, beta e radiações gama.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...