domingo, 26 de agosto de 2012

EFEMÉRIDEMika Toimi Waltari, escritor finlandês, morreu em Helsínquia no dia 26 de Agosto de 1979. Nascera, igualmente na capital finlandesa, em 19 de Setembro de 1908.
Perdeu o pai, um pastor luterano, aos cinco anos de idade. Durante a infância, presenciou a Guerra Civil Finlandesa. Na juventude, ingressou na Universidade de Helsínquia para estudar Teologia, de acordo com os desejos da mãe, mas em breve mudaria para Filosofia, Estética e Literatura, obtendo o mestrado em 1929. Durante os estudos, já escrevia artigos para revistas. Começou também a escrever poesias e contos, publicando o seu primeiro livro em 1925, com dezassete anos de idade.
Em 1927, foi para Paris, onde escreveu um dos seus melhores romances, muito apreciado pela juventude finlandesa, “A Grande Ilusão”, uma história de vida boémia passada na cidade da luz. Esta obra, em termos de estilo, é considerada o equivalente finlandês dos trabalhos de escritores norte-americanos da Geração Perdida.
Durante as décadas de 1930 e 1940, trabalhou bastante como jornalista e crítico, escrevendo para um grande número de jornais e revistas e viajando por toda a Europa. Também foi director da revista “Suomen Kuvalehti”. Ao mesmo tempo, continuou a escrever livros de vários géneros, movendo-se facilmente de um estilo literário para outro.
Em 1945, foi publicado o seu primeiro e mais bem sucedido romance histórico, “O Egípcio”, que fala sobre a corrupção e os valores humanos num mundo materialista justamente depois da Segunda Guerra Mundial. O livro tornou-se um best-seller internacional, servindo de base para um filme de Hollywood com o mesmo nome.
Waltari escreveu outras sete obras históricas, que se desenrolam em ambientes de várias culturas antigas, como por exemplo “O Anjo Negro”, que se passa durante a queda de Constantinopla em 1453. Nessas obras, deu sempre bastante destaque ao seu pessimismo e em duas histórias passadas no Império Romano revelou as suas convicções cristãs. Tornou-se membro da Academia Finlandesa em 1957 e recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade de Turku em 1970.
Foi um dos mais prolíficos escritores da Finlândia e é considerado o mais conhecido escritor do seu país. As suas obras estão traduzidas em mais de 40 línguas.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...