quarta-feira, 14 de setembro de 2011




EFEMÉRIDEDmitri Anatoliévitch Medvedev, advogado, administrador e político russo, nasceu em Leninegrado no dia 14 de Setembro de 1965. Tornou-se Presidente da Rússia, ao vencer as eleições de Março de 2008, com mais de 70% dos votos.


Tendo por origem uma família de professores, profissão de prestígio mas com baixa remuneração, cresceu no bairro operário de Kuptchino. Estudou Direito na Universidade Estatal de Leninegrado. Em 1987 obteve a licenciatura e doutorou-se três anos mais tarde em Direito Civil, dedicando-se ao ensino na Universidade de São Petersburgo até 1999. Durante os estudos foi um fanático da fotografia e do hard rock, tendo praticado halterofilismo e ganho algumas competições.


Em 1991 foi co-autor do primeiro livro russo de Direito Civil da era pós-comunista, obra que continua a ser adoptada pelas universidades russas. Desde meados da década de 1990, foi conselheiro do Comité de Relações Exteriores da Prefeitura de São Petersburgo, cujo prefeito era Vladimir Putin.


Em 1993 foi um dos fundadores da empresa Fincell que, por sua vez, fundou a Ilim Pulp Enterprise, um dos gigantes florestais da Rússia. Nesta última estrutura foi director dos “assuntos jurídicos”.


Em 1999, mudou-se para Moscovo, logo que Putin foi nomeado Primeiro-Ministro por Boris Yeltsin. Em Novembro, tornou-se Chefe adjunto da Administração Governamental; em Dezembro, Chefe adjunto do Gabinete Presidencial e, depois, Primeiro Director adjunto de 2000 a 2003. Nas eleições presidenciais de 2000, Medvedev dirigiu a campanha de Putin. Em 2001, Putin encarregou-o da reforma do serviço público.


Em Junho de 2002, tornou-se Presidente do Conselho Fiscal da Gazprom, a companhia de gás do Estado e a maior do mundo. Medvedev está na origem do gasoduto submarino, que liga directamente a Rússia à Europa Ocidental, evitando os países bálticos e a Polónia. Em Outubro de 2003, tornou-se Chefe da Administração do Kremlin. Entre Novembro de 2005 e Maio de 2008, foi Adjunto do Vice-primeiro-ministro, Sergei Ivanov, responsável pelos projectos nacionais prioritários.


Em Dezembro de 2007, foi designado candidato às eleições presidenciais de 2008 pelos quatro partidos da coligação de apoio a Vladimir Putin. Depois de eleito e, ao prestado juramento, declarou que «os seus objectivos mais importantes seriam proteger as liberdades civis e económicas e lutar pelo respeito da lei». Aproveitou a ocasião para assinar um decreto que concedia alojamento aos antigos combatentes.


Não é filiado em nenhum partido político, considerando-se um liberal-democrata. É tido como um dos líderes da ala “liberal” do Kremlin, em oposição aos “siloviki” (exército, polícia e serviços secretos). Fala frequentemente na necessidade de modernizar a Rússia. Assinou um decreto reformando o sistema da função pública, no quadro de uma campanha para “inovar, utilizar novas tecnologias e lutar contra a corrupção”.


Em Maio de 2010, quando do 65º aniversário da vitória na 2ª Grande Guerra Mundial, Medvedev aproveitou a data para convidar soldados estrangeiros, nomeadamente da NATO, para participar no tradicional desfile da Praça Vermelha juntamente com os Russos.


Medvedev é um fervoroso adepto do clube de futebol Zenit de São Petersburgo, patrocinado pela Gazprom e, curiosamente, Campeão Russo e vencedor da Taça UEFA, no ano em que ele se tornou Presidente da Rússia. É fã igualmente da banda “Deep purple”, que convidou para jantar em 2011 quando da sua tournée pelo território russo.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...