sábado, 24 de setembro de 2011




EFEMÉRIDE Duarte Lobo, compositor português da época do Renascimento tardio e do Barroco inicial, morreu em Lisboa no dia 24 de Setembro de 1646. Nascera no ano de 1565.


É considerado um dos músicos da “época de ouro” da polifonia portuguesa. Sabe-se pouco da sua vida. Terá nascido em Alcáçovas ou em Lisboa e foi aluno de Manuel Mendes em Évora. O seu primeiro trabalho terá sido o de Mestre de capela da catedral eborense. Em 1594 era Mestre de capela da catedral de Lisboa. Ensinou música no Colégio do Claustro da Sé em Lisboa, onde se manteve pelo menos até 1639. Mais tarde, dirigiu na capital a capela do Seminário de São Bartolomeu. Assinava as suas obras como Eduardus Lupus.


Embora cronologicamente a sua vida se sobreponha à época do Barroco, escreveu música essencialmente ao estilo renascentista, recebendo influência de Palestrina e mostrando um certo afastamento das descobertas italianas e alemãs.


A sua música é muito atractiva, com força expressiva, tirando partido das características rítmicas e harmónicas do texto latino, em conformidade com as disposições do Concílio de Trento.


Publicou seis livros de música sacra, incluindo missas, responsórios, antífonas, magnificats e motetes. Exemplares de praticamente tudo o que da sua obra foi editado em Antuérpia e em Lisboa encontram-se dispersos por várias cidades (Coimbra, Évora, Vila Viçosa, Valladolid, Sevilha, Munique, Londres e Viena).

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...