domingo, 16 de fevereiro de 2014

16 DE FEVEREIRO - VÍTOR PANEIRA



EFEMÉRIDEVítor Paneira, de seu verdadeiro nome Vítor Manuel da Costa Araújo, ex-futebolista português e actual treinador e comentador desportivo, nasceu em Vila Nova de Famalicão no dia 16 de Fevereiro de 1966. Foi 44 vezes internacional pela Selecção Nacional.
Iniciou-se no GD Riopele e no FC Famalicão. Chegou ao SL e Benfica na época de 1988/89, vindo do FC Vizela que, na época, disputava a 2ª Divisão. Tinha participado no Torneio de Toulon pela Selecção Nacional de sub-21. Na época de 1995/96, mudou-se para o Vitória de Guimarães, onde jogou durante quatro épocas, tendo terminado a sua carreira de futebolista na Académica de Coimbra.
Era um jogador de classe, “fino” e de elevada qualidade técnica, conseguindo fazer centros milimétricos para os seus companheiros. Era veloz e lia extraordinariamente bem o jogo, com excelente sentido táctico. Saiu do Benfica, ainda no auge da carreira e na plena posse das suas capacidades (29 anos), deixando saudades aos adeptos encarnados.
Ao serviço do Vitória de Guimarães, fez quatro extraordinárias épocas, com o clube a posicionar-se nos primeiros lugares da tabela classificativa da Primeira Divisão e a fazer frente aos grandes clubes na luta pelos lugares cimeiros. No Vitória de Guimarães, fez calar muitos dos que o consideravam acabado para o futebol, chegando a integrar o lote de 23 jogadores que foram escolhidos para os Europeus de 1996.
Foi Campeão Nacional três vezes (1989/1991/1994), ganhou a Taça de Portugal de 1993, a Super Taça de Portugal de 1989 e foi finalista da Taça dos Campeões Europeus em 1990 (tudo ao serviço do Benfica).
A carreira de treinador, que seguiu depois, tem sido feita nas categorias secundárias. Em Junho de 2012, fez subir o Tondela – pela primeira vez – à 2ª Liga. Recentemente, tem mostrado também as suas qualidades como comentador da SportTV.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...