domingo, 2 de fevereiro de 2014

2 DE FEVEREIRO - DANIIL HARMS



EFEMÉRIDEDaniil Harms, de seu verdadeiro nome Daniil Iouvatchev, escritor satírico do começo da era soviética, considerado um precursor do absurdo, praticante da linguagem dos cubistas futuristas, morreu em Leninegrado no dia 2 de Fevereiro de 1942. Nascera em São Petersburgo, em 30 de Dezembro de 1905. Usou também os pseudónimos Kharms, Horms, Charms e Chardam.
O mundo de Harms era imprevisível e desordenado, os seus personagens repetiam sem fim as mesmas acções ou então comportavam-se de forma irracional. Escreveu histórias lineares que, depois de começarem a desenrolar-se normalmente, eram brutalmente interrompidas por incidentes inesperados.
Os seus trabalhos eram, no entanto, mais profundos do que poderiam parecer e devem ser colocados no contexto da Associação para a Arte Real, uma corrente literária e filosófica do modernismo russo de que ele foi um dos fundadores.
Acusado de actividades anti-soviéticas, foi exilado em Kursk em 1931. Voltou a ser detido durante o cerco de Leninegrado em 1941 e internado num asilo psiquiátrico, onde morreu aos 36 anos.
Considerado um inimigo do regime estalinista, o essencial da sua obra foi divulgado clandestinamente. Foi reabilitado em 1956 mas, durante muito tempo, só as suas poesias para crianças foram publicadas na URSS e isto unicamente a partir de 1962. A sua obra é actualmente apreciada na Rússia, tendo sido traduzida em francês, alemão, inglês, italiano, checo, polaco e sueco.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...