domingo, 1 de julho de 2012

EFEMÉRIDEEstée Lauder, de seu verdadeiro nome Josephine Esther Mentzer, pioneira da indústria de produtos cosméticos, nasceu em Nova Iorque no dia 1 de Julho de 1906. Morreu na mesma cidade em 24 de Abril de 2004.
Filha de imigrantes judaico-húngaros, Estée Lauder começou por vender os cremes que eram fabricados por um tio, químico vienense, na sua própria cozinha. Começou a imitá-lo, passando a preparar os seus próprios cosméticos, que imediatamente foram postos à venda em vários salões de beleza de hotéis de luxo nova-iorquinos.
Com 34 anos, ambiciosa e determinada, abriu a sua primeira loja em Nova Iorque. Começou por vender cremes para a pele e foi conquistando espaço no mundo dos cosméticos. Em 1946, fundou a empresa Estée Lauder Inc, juntamente com o marido. Dois anos depois, alcançou a fama, pondo os seus produtos à venda na loja de luxo Saks, na 5ª Avenida. Continuou a sua vertiginosa carreira, assinando mais alguns contratos de exclusividade com outras lojas famosas. Utilizava como técnica de comercialização a colocação dos seus produtos ao alcance da clientela, disponibilizando amostras grátis. A marca ficou conhecida internacionalmente, quando os seus produtos foram lançados nos grandes armazéns Harrods de Londres, em 1960. Estée representava o melhor olfacto existente no ramo da perfumaria. Os perfumes por ela fabricados constituem hoje mais de 70 fragrâncias. Diz-se que tentou vender o primeiro perfume que criou no Bloomingdale's, armazém chique de Nova Iorque. Como ninguém o quis comprar, quebrou o frasco. O perfume ficou entranhado no armazém durante vários dias e seduziu definitivamente as consumidoras.
Consagrada em 1998 pelo semanário “The Times”, como o «génio do negócio mais influente do século», deixou como herança um verdadeiro império. Os produtos do grupo (que inclui marcas como Estée Lauder, Clinique, Aramis e Origins) encontram-se disponíveis em muitos milhares de distribuidores.
Contribuiu financeiramente, com cinco milhões de dólares, para a restauração da Grande Sinagoga Dohány de Budapeste, a maior sinagoga do mundo depois do Temple Emanu-El de Nova Iorque. Morreu aos 97 anos.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...