domingo, 8 de julho de 2012

EFEMÉRIDE Ferdinand Adolf Heinrich August Graf von Zeppelin, conde, militar e engenheiro alemão, fundador da companhia de balões dirigíveis Zeppelin, nasceu em Constança no dia 8 de Julho de 1838. Morreu em Berlim, em 8 de Março de 1917.
Quando tinha vinte anos, ingressou no exército alemão, frequentando a Escola de Guerra de Ludwigsburg. No ano seguinte, foi para uma unidade de engenharia e participou como observador na Guerra Civil Americana (1863), na Guerra Austro-prussiana (1866) e na Guerra Franco-prussiana (1870-1871). Foi comandante do regimento Ulanen em Ulm, de 1882 a 1885, sendo posteriormente transferido para Berlim.
Tendo chegado ao posto de brigadeiro-general, foi para a reserva em 1891. Ao longo dos anos seguintes, dedicou-se ao estudo da aeronáutica. Baseado nas ideias de Schwartz, um engenheiro austríaco que havia tentado construir um balão de alumínio em 1887, projectou um aeróstato sob comando, partindo então para ensaios arrojados em Friedrichshafen, localidade onde morava.
Além de orientar a edificação de uma fábrica de alumínio, o ousado conde iniciou a construção e montagem dos primeiros dirigíveis rígidos em 1889 e, a despeito das dificuldades, terminou o seu primeiro modelo no ano seguinte. No entanto, o protótipo LZ-1 somente viria a ser aprovado alguns anos depois. As iniciais LZ, eram as de Ludwig, seu assistente, e do próprio Zeppelin.
Apesar do projecto ter sido rejeitado pelo Kaiser Guilherme II, ele conseguiu, com o apoio da população e utilizando todos os seus recursos financeiros, continuar a empenhar-se na construção de aeronaves com estrutura rígida, numa época em que os balões carregados de gás tinham estrutura flexível.
Em Julho de 1900, fez o voo inaugural do LZ-1, nas margens do Lago Constança. O tecido que cobria a estrutura de alumínio do balão rompeu-se ao poisar, mas ele não desistiu.
A segunda versão do aparelho foi inteiramente financiada por dádivas e com os lucros de uma lotaria. Já estava na bancarrota quando, em 1908, ganhou fama com o LZ-4, ao cruzar os Alpes numa viagem de 12 horas sem escala. Daí por diante, Zeppelin pôde já contar com o dinheiro do governo alemão e os seus dirigíveis foram transformados num orgulho nacional. Em 1906, foi promovido honorificamente a general de cavalaria.
Em 1909, Zeppelin fundou a primeira companhia aérea, a Luftschiffbau-Zeppelin GmbH, com uma frota de cinco dirigíveis. Até 1914, quando começou a Primeira Grande Guerra, foram mais de 150 mil quilómetros voados, 1 600 voos e 37,3 mil passageiros transportados, sem qualquer acidente. Durante o conflito mundial, ao lado dos novos aviões, os dirigíveis alemães foram utilizados para várias missões, incluindo o bombardeamento de Paris. Ao longo da sua vida, Zeppelin construiu mais de uma centena de dirigíveis.
A banda de rock britânica Led Zeppelin foi buscar o seu nome a este cientista. A Kriegsmarine desenvolveu um projecto para a construção de um porta-aviões, que foi baptizado Graf Zeppelin, também em sua homenagem.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...