quinta-feira, 4 de agosto de 2016

4 DE AGOSTO - WITOLD GOMBROWICZ

EFEMÉRIDEWitold Marian Gombrowicz, escritor polaco, nasceu em Małoszyce no dia 4 de Agosto de 1904. Morreu em Vence, França, em 24 de Julho de 1969. As suas obras caracterizam-se por uma profunda análise psicológica, um certo sentido do paradoxo e do absurdo, e ainda um “travo” anti-nacionalista.
Tendo por origem uma família nobre originária da Lituânia, estudou Direito na Universidade de Varsóvia e, depois, Filosofia e Economia no Instituto de Altos Estudos Internacionais de Paris.
Em 1937, publicou o seu primeiro romance, “Ferdydurke”, onde se encontram muitos dos temas abordados nas suas obras: os problemas da imaturidade e da juventude, a criação da identidade por meio da interacção social e um exame irónico e crítico do papel das classes na sociedade e cultura da Polónia do início do século XX.
Tendo feito uma viagem à Argentina para uma curta estadia em 1939, a invasão da Polónia pela Alemanha nazi dissuadiu-o de regressar à Europa. Acabou por ficar 24 anos em Buenos Aires. A sua vida no meio do povo argentino e os raros contactos com intelectuais da emigração polaca são contados no seu “Diário”, publicado em Paris na revista polaca “Kultura”.
Gombrowicz só voltou à Europa em 1963, primeiro a Berlim graças a uma bolsa da Fundação Ford. No ano seguinte, instalou-se em França, em Royaumont, perto de Paris. Contratou como secretária Rita Labrosse, uma canadiana de Montreal, que se tornou depois sua companheira e com quem viria a casar no final de 1968.  
Em Setembro de 1964, mudou-se definitivamente para Vence, perto de Nice, uma pequena vila onde residiam numerosos artistas e escritores. Em 1967, a sua novela “Kosmos” recebeu o Prémio Internacional de Literatura. Morreu dois anos depois, devido a insuficiência cardíaca e após de uma longa doença.
A edição francesa de dois dos seus romances, nos anos 1960, trouxe-lhe o reconhecimento público e a fama no fim da vida. Actualmente, é considerado um dos maiores nomes da literatura polaca e influenciou numerosos escritores, como Milos Kundera.
Em Portugal, algumas das suas obras foram traduzidas por Luísa Neto Jorge e levadas à cena pelo Teatro Experimental de Cascais.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...