quarta-feira, 31 de agosto de 2011




EFEMÉRIDELionel Leo Hampton, músico de jazz norte-americano, morreu em Nova Iorque no dia 31 de Agosto de 2002. Nascera em Louisville, Kentucky, em 20 de Abril de 1908.


Considerado como o primeiro vibrafonista de jazz, também tocou piano, bateria, percussão e foi líder de várias bandas. Ao longo da sua vida, tocou com grandes nomes do jazz, desde Benny Goodman a Charlie Parker e Quincy Jones, entre outros. Em 1992 entrou para o Alabama Jazz Hall of Fame.


Conhecido também pelo “Leão”, as suas interpretações caracterizavam-se por uma grande virtuosidade.


Se bem que nascido e educado por uma avó em Louisville, passou parte da sua juventude em Kenosha (Wisconsin), antes da família se mudar para Chicago em 1916. Nos anos 1920, ainda adolescente, aprendeu xilofone e descobriu a bateria. Em 1928, actuou com a Chicago Defender Newsboy's Band.


Em 1929 chegou à Califórnia com os Dixieland Blue-Blowers. Ali participou na sua primeira gravação com os The Quality Serenaders. Deixou este grupo para se dirigir a Culver City, onde tocou com os Hite band no Sebastian's Cotton Club. Foi durante este período que começou a tocar vibrafone.


Em 1930 encontrou Louis Armstrong, com o qual gravou o primeiro solo de vibrafone na história do jazz.


Em 1936 entrou para o quarteto do célebre clarinetista Benny Goodman, com quem gravou vários discos. Em 1940 fundou o seu próprio grupo, que conheceu um sucesso imediato e se tornou numa das mais célebres “big bands” da época.


Esteve depois cerca de três anos em Inglaterra. Começou a ser conhecido na Europa graças a vários discos, principalmente de jazz, que foram enviados aos soldados americanos durante a Segunda Guerra Mundial, para lhes levantar o moral e os motivar. Estas gravações eram chamadas “canções da vitória” e contribuíram também para a descoberta do jazz pelos Europeus.


Recebeu em 1988 a “National Endowment for the Arts - NEA Jazz Master”, uma das maiores recompensas dos Estados Unidos em matéria de jazz.


Depois da sua morte, André Waignein compôs “Tribute to Lionel” à memória de Hampton, uma peça para orquestra de harmonia e vibrafone a solo.


Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...