quarta-feira, 24 de agosto de 2011




EFEMÉRIDE Maria Dulce Andrade Ferreira Alves Machado Ribeiro, actriz portuguesa, morreu em Loures no dia 24 de Agosto de 2010. Nascera em Lisboa, em 11 de Outubro de 1936.


Estreou-se como actriz quando tinha 13 anos, interpretando Maria no filme “Frei Luís de Sousa” de António Lopes Ribeiro. A esta participação seguiu-se um período de trabalho em Espanha entre 1950 e 1960, que marcou o início da sua carreira, tendo feito teatro, cinema e rádio. Participou em trabalhos como “La Señora de Fátima” (1951) e “Un Día Perdido”, em 1954.


Maria Dulce fez também recitais de poesia em Espanha, Portugal, Estados Unidos da América, Canadá, Holanda, Angola e Moçambique. Foi fotografada pelos melhores fotógrafos europeus ligados ao espectáculo, como Vicent Ibañez, que foi um dos seus melhores amigos.


Maria Dulce interpretou vários papéis na televisão, participando em diversas telenovelas e séries. Fez igualmente vários papéis no teatro.


Hedda Gabler” (2009), de Henrik Ibsen, foi a última peça em que participou. Foi encontrada sem vida na madrugada do dia 24 de Agosto de 2010, no apartamento onde vivia, em Bucelas, concelho de Loures. Encontrava-se a ensaiar a peça de teatro “Sabina Freire”, que iria começar a representar no dia 5 de Outubro seguinte.


Maria Dulce foi a produtora de “A Luz vem do Alto” (1959). Foi publicada uma biografia sua, escrita por Luciano Reis e intitulada “Maria Dulce - A verdade a que tem direito”.


Entre os trabalhos que fez, salientam-se ao acaso: “Amor de Perdição” (1979), “Retalhos da Vida de um Médico” (1980), “Chuva Na Areia” (1984), “Passerelle” (1988), “Grande Noite” (1990/92), “A Banqueira do Povo” (1993), “Nico D'Obra” (1993), “Os Andrades” (1994), “A Mulher do Sr. Ministro” (1997), “Alves dos Reis” (2000), “Conde de Abranhos” (2000), “Anjo Selvagem” (2001/03), “Liberdade 21” (2008) e “Pai à Força” (2008).


Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...