quarta-feira, 17 de agosto de 2011


«O jornalista é obreiro


Da cultura difusor…


O jornal – o mensageiro


Mostra ao Mundo o seu valor.»


Maria José Fraqueza




O JORNALISTA


(Poesia obrigada a mote)




Contando ao Mundo o que vê,


Tentando ser o primeiro,


Cada nova que se lê:


O jornalista é obreiro.



Torna a Terra mais pequena,


Unindo gente ao redor.


É actor em cada cena,


Da cultura difusor...



Pode andar de mão em mão


Tudo o que escreve – ligeiro.


Tem arte e emoção


O jornal – o mensageiro.



Num simples facto banal,


Ele vê a luz e a cor.


Cada trabalho afinal


Mostra ao Mundo o seu valor.




Gabriel de Sousa




NB – Menção Honrosa nos 41ºs Jogos Florais Internacionais de Nossa Senhora do Carmo – 2011 (Fuseta)


Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...