quarta-feira, 28 de setembro de 2016

28 DE SETEMBRO - AGNOLO FIRENZUOLA

EFEMÉRDEAgnolo Firenzuola, escritor toscano, nasceu em Florença no dia 28 de Setembro de 1493. Morreu em Prato, em 27 de Junho de 1543. O seu apelido provém da vila de Firenzuola, terra dos seus antepassados, situada nos Apeninos.
O avô de Agnolo conseguira obter a cidadania florentina e transmiti-la à sua família. Agnolo estudou Direito, primeiro em Siena e depois em Perugia, onde conheceu Pietro Aretino, que foi o seu melhor amigo e quem mais o influenciou na vida. Mais tarde, Agnolo ainda advogou durante algum tempo em Roma, mas não obteve muito sucesso.
Quase todos os seus biógrafos concordam em afirmar que ele, ainda jovem, vestiu o hábito monástico em Vallombrosa vindo a dirigir duas abadias.
Firenzuola deixou Roma após a morte do Papa Clemente VII e, depois de passar algum tempo em Florença, estabeleceu-se como abade de San Salvador em Prato.
Os seus escritos – publicados numa edição completa em 1548 – são uma parte em prosa e outra em verso. A sua obra poética é essencialmente satírica e burlesca. Entre as prosas, encontramos o “Discorsi degli animali”, uma imitação de fábulas orientais; “Dialogo delle bellezze delle donne”; “Ragionamenti amorosi”, uma série de contos elegantes e licenciosos à moda de Boccacio; “Discacciamento delle nuove lettere”, uma reacção à proposta do gramático Gian Giorgio Trissino de introduzir novas letras no alfabeto italiano; e duas comédias – “I Lucidi”, baseada em Plauto, e “La Trinuzia”.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...