sábado, 15 de julho de 2017

15 DE JULHO - ROBERT WADLOW

EFEMÉRIDERobert Pershing Wadlow, a pessoa mais alta da História (comprovado cientificamente), de nacionalidade norte-americana, morreu em Manistee, Michigan, no dia 15 de Julho de 1940. Nascera em Alton, Illinois, em 22 de Fevereiro de 1918. Era conhecido como o “Gigante de Alton” ou o “Gigante do Illinois”.
À nascença, tinha um tamanho considerado normal e pesava 3,850 kg. O seu crescimento começou a alertar os pais quando, aos seis meses, já pesava 13 kg. Aos 18 meses, 28 kg. Nunca mais parou de crescer e a um ritmo impressionante. Aos cinco anos, media 1,64 m. Aos treze, tornou-se o maior escuteiro do mundo, com uma altura de 2,18 m.
A partir de 1938, os sapatos (nº 71) eram-lhe fornecidos gratuitamente pela International Shoe Company. Em troca, Robert fazia publicidade à empresa, o que o levou a visitar mais de 800 cidades em 41 estados.
Wadlow atingiu 2,72 m de altura e pesava 199 kg na data da sua morte, aos 22 anos de idade. O seu crescimento anormal deveu-se à hipertrofia da glândula pituitária, o que resultou num nível anormalmente elevado de somatotropina. Até ao fim, o seu corpo não deu nenhuma indicação de que iria parar de crescer. É também detentor de dois outros recordes: o de maiores mãos (32,2 cm) e pés (47 cm) de todos os tempos.
Robert era o filho mais velho de uma família de cinco irmãos. Em 1936, após se graduar na Alton High School, matriculou-se no Shurtleff College com a intenção de estudar Direito.
O tamanho de Wadlow causava uma série de problemas: precisava de muletas para andar e tinha pouca sensibilidade nas pernas e nos pés. Apesar dessas dificuldades, nunca usou uma cadeira de rodas. O pai alterou o interior do seu carro, suprimindo o lugar do passageiro da frente.
Um ano antes do seu falecimento, ultrapassou John Rogan como a pessoa mais alta que já existira. Desde a sua morte, à excepção de John F. Carroll e Leonid Stadnik, ninguém chegou sequer a uma altura 20 cm mais baixa que a dele.
No dia 4 de Julho de 1940, durante uma aparição profissional no Manistee National Forest Festival, lesionou-se no pé esquerdo, causando uma bolha e subsequentemente uma infecção. Os médicos trataram-no com uma transfusão de sangue e uma cirurgia de emergência, porém a sua condição apenas piorava e acabou por morrer, alguns dias mais tarde, enquanto dormia.
Estima-se que 40 000 pessoas assistiram ao seu funeral. Foi metido num caixão de 3 metros de comprimento, que precisou de vinte carregadores para o transportar até à sepultura em cimento.
Uma estátua em tamanho real foi colocada em frente do Alton Museum of History and Art, em homenagem ao cidadão ilustre da cidade (1986). Também existe uma estátua dele no Guinness Museum, perto das Cataratas do Niágara.
A música “The Giant of Illinois” da banda The Handsome Family (e depois regravada por Andrew Bird) homenageia igualmente Wadlow.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...