domingo, 9 de julho de 2017

9 DE JULHO - MITCH MITCHELL

EFEMÉRIDE – John Ronald “MitchMitchell, músico e baterista britânico, nasceu em Ealing no dia 9 de Julho de 1947. Morreu em Portland, nos Estados Unidos, em 12 de Novembro de 2008. Foi um dos mais influentes bateristas nos anos 1960/70.
Destacou-se na banda The Jimi Hendrix Experience e ficou consagrado pelo seu lendário trabalho em diversas canções, como “Manic Depression” e “Third Stone From the Sun”.
Mitch tinha uma forte influência do jazz e, como muitos bateristas da sua época, foi fortemente inspirado pelo trabalho e dinamismo de Elvin Jones. Jimi Hendrix, pelo seu lado, deu-lhe inteira liberdade para inovar.
Mitchell desenvolveu então o seu jeito livre de acompanhar as canções de Hendrix, iniciando um estilo de tocar que seria chamado mais tarde de ‘fusion’. Em 1966, este inovador estilo nunca havia sido ouvido no rock. Até então, sempre se utilizara a bateria como instrumento de segundo plano, juntamente com o baixo. Com o som da guitarra e as canções de Jimi Hendrix, Mitch tocou e ajudou a redefinir o rock.
Em Dezembro de 1968, participou na emissão “The Rock and Roll Circus”, formando com John Lennon, Keith Richards e Eric Clapton, o efémero supergrupo The Dirty Mac.
Mitch era o mais importante colaborador musical de Jimi Hendrix, tocando no trio The Jimi Hendrix Experience de Outubro de 1966 até meados de 1969. Após o seu fim, esteve presente na banda provisória de Hendrix para o Woodstock, chamada Gypsy Suns and Rainbows (1969), e também na banda Cry of Love (1970). Durante as apresentações, os dois músicos complementavam-se de forma entusiasmante.
Hendrix, numa entrevista dada à revista “Melody Maker”, em Julho de 1968, afirmou: «Mitch está a tornar-se um monstro na bateria. Temo perdê-lo. Está a ficar tão forte que me assusta!».
Após a morte de Jimi Hendrix, Mitch (coadjuvado pelo engenheiro Eddie Kramer) finalizou a produção de várias gravações incompletas de Jimi Hendrix, que resultaram em dois álbuns póstumos – “Cry of Love” e “Rainbow Bridge”.
Em 1972, juntou-se a dois guitarristas, April Lawton e Mike Pinera, para formar o grupo Ramatam. Gravaram um álbum e fizeram vários concertos como convidados. Mitch também fez alguns trabalhos com Terry Reid, Jack Bruce e Jeff Beck.
Do final dos anos 1970 até aos anos 1990, Mitch tornou-se mais discreto, fazendo apenas trabalhos eventuais e participando em vários vídeos e entrevistas relacionadas com Jimi Hendrix. Mais recentemente, fez parte da banda Gypsy Sun Experience, juntamente com o antigo baixista de Jimi Hendrix, Billy Cox, e o guitarrista Gary Serkin. Após um período de aposentadoria na Europa, voltou a apresentar-se, desta vez com o grupo Experience Hendrix.
No dia 12 de Novembro de 2008, foi encontrado morto, aparentemente de causas naturais, num quarto de hotel em Portland. Tinha acabado de fazer uma tournée pelos Estados Unidos.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...