quarta-feira, 22 de março de 2017

22 DE MARÇO - PÍO LEYVA

EFEMÉRIDEPío Leyva, de seu verdadeiro nome Wilfredo Leyva Pascual, considerado um dos ícones da música cubana, morreu em Havana no dia 22 de Março de 2006. Nascera em Morón, em 5 de Maio de 1917.
Leyva participou no grupo de sucesso Buena Vista Social Club que, pelas mãos de Win Winders e Ray Cooder, correu o mundo e colocou a música cubana em grande destaque. Ao lado de Ibrahim Ferrer, Compay Segundo e outros, Pío é considerado um dos mestres do Cuaguancó, ritmo consagrado pela velha guarda cubana.
Como muitos artistas cubanos, foi atraído pelo swing e a sensualidade da música popular de Cuba, do mambo até à salsa. Leyva, que ganhou uma competição de bongô (tambor) aos seis anos de idade e que iniciou a sua carreira artística em 1932, será sempre lembrado pelo carisma que possuía.
Começou por tocar bongô no grupo Siboney, tornando-se depois cantor no Sexteto Caribe. Formou seguidamente um duo com o outro cantor do grupo (1933/34). Cantou também no Tipo jazz band de Jesús Montalvo.
Tendo alguns rudimentos de guitarra, fundou mais tarde um trio, que monopolizou rapidamente a rádio local e passou a animar o café El Angel de Morón. A sua terra natal tornou-se pequena para ele, vindo a fixar-se em Camagüey para cantar na orquestra Hermanos Licea.
Nos anos 1950, partiu para Havana onde atingiu o apogeu da sua popularidade. Gravou vários álbuns a solo e compôs uma grande variedade de canções de sucesso. A partir desta década, passou a ser um cantor muito procurado para integrar grupos, dar espectáculos, actuar na rádio e em grandes programas de televisão.
Já em 2002, novamente pelas mãos de Winders, Pío Leyva – com 85 anos – mostrou ainda fôlego para actuar no CD/DVD “The Songs of Cuba”, trabalho pós Buena Vista que apresentava as novidades da música cubana.
Apesar da sua idade, continuava a dar concertos um pouco por todo lado, estrangeiro incluído. Faleceu na capital cubana, vítima de crise cardíaca, aos 88 anos de idade.  

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...