quinta-feira, 23 de março de 2017

23 DE MARÇO - ELISAVETA BAGRIANA

EFEMÉRIDEElisaveta Bagriana, de seu nome original Elisaveta Lyubomirova Belcheva, poetisa búlgara, morreu em Sófia no dia 23 de Março de 1991. Nascera na mesma cidade em 16 de Abril de 1893.
Ao lado de Dora Gabe (1886/1983), é uma das figuras mais importantes da literatura búlgara. Bagriana foi a segunda dos três escritores da Bulgária que foram até hoje nomeados para o Prémio Nobel. As suas obras estão traduzidas em cerca de 30 idiomas.
No início do século XX, Bagriana manteve estreita amizade com Pétar Russev, pai da política e ex presidente brasileira Dilma Rousseff.
Escreveu os primeiros poemas quando vivia com a família em Veliko Turnovo (1907/08). Foi professora rural em Aftane, entre 1910 e 1911. Estudou Filosofia na Universidade de Sófia. Em 1915, publicou dois poemas (“Porquê?” e “Canção Nocturna”) na revista “Suvremenna Misul” (“Pensamento Contemporâneo”).
Na primeira fase da sua carreira literária cultivou uma lírica intimista e sentimental, em que se destaca “A Eterna e a Sagrada”. A partir de 1945 (pós guerra), passou para um registo com maior sentido social, cujo exemplo mais relevante é “Brjag na Brjag” (1963).
Recebeu – em 1969 – a Medalha de Ouro da Associação Nacional de Poetas em Roma. Faleceu na sua cidade natal, a menos de um mês de completar 98 anos de idade.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...