terça-feira, 7 de março de 2017

7 DE MARÇO - ANDRÉ MORELLET

EFEMÉRIDEAndré Morellet, filósofo, escritor, enciclopedista e tradutor francês, nasceu em Lyon no dia 7 de Março de 1727. Morreu em Paris, em 12 de Janeiro de 1819. Foi um dos filósofos do Iluminismo e, nesta função, aparece em muitas memórias, como na de Madame de Rémusat.
Educado inicialmente num colégio de jesuítas de Lyon, estudou mais tarde na Universidade da Sorbonne. Formou-se sacerdote, mas sem grandes convicções. Voltaire chamava-lhe “L'Abbé Mords-les”, devido ao seu mordaz e vivo engenho.
Amigo de vários filósofos, contribuiu para a “Enciclopédia”, redigindo seis artigos de crítica literária, de teologia e de filosofia.
Os seus escritos mais controversos foram um panfleto em resposta à obra de Charles Palissot, “Les Philosophes”, e uma resposta ao “Commerce des bleds” (1770) de Ferdinando Galiani. O panfleto valeu-lhe dois meses de prisão na Bastilha.
Mais tarde, empregou-se em comunicações semi-diplomáticas com homens de estado ingleses e obteve uma pensão, além de se tornar membro da Academia Francesa, em 1785. Participou na redacção do “Dicionário” da Academia.
Um ano antes do seu falecimento, editou quatro volumes de “Mélanges de littérature et de philosophie du XVIIIe siècle”, compostos sobretudo por uma selecção das suas publicações anteriores. Após a sua morte, foram editadas as suas “Mémoires sur le XVIIIe siècle et la Révolution” (2 volumes, 1821).
A sua tradução satírica do “Directorium Inquisitorum”, de Nicolau Aymerich, teve influência na decisão da Igreja Católica de cessar algumas das suas práticas inquisitórias.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...