sexta-feira, 28 de agosto de 2015

28 DE AGOSTO - HERMES FONTES

EFEMÉRIDEHermes Floro Bartolomeu Martins de Araújo Fontes, poeta brasileiro, nasceu em Boquim no dia 28 de Agosto de 1888. Morreu no Rio de Janeiro em 25 de Dezembro de 1930. Filho de lavradores, licenciou-se em Ciências Jurídicas e Sociais, em 1911.
Desde 1903, colaborou em diversos jornais (“Fluminense”, “Rua do Ouvidor”, “Imparcial”, “Folha do Dia”, “Correio Paulistano” e “Diário de Notícias”) e em várias revistas (“Careta”, “Fon-Fon!”, “Tribuna”, “Tagarela”, “Atlântida”, “Brasil-Revista”, “Revista das Revistas”, “América Latina” e “Revista Souza Cruz”). Foi igualmente caricaturista do jornal “O Bibliógrafo”. Em 1904, com apenas 16 anos de idade, co-fundou – no Rio de Janeiro – o jornal “Estréia”, juntamente com Júlio Surkhow e Armando Mota. Simultaneamente, trabalhou como funcionário dos Correios e, depois, oficial de gabinete do ministro da Viação.
Em 1908, publicou a sua primeira obra poética (“Apoteoses”) e, em 1913, editou o seu segundo livro de poesia, “Génese”. Seguiram-se: “Ciclo da Perfeição” (1914), “Miragem do Deserto” (1917), “Microcosmo” (1919), “A Lâmpada Velada” (1922) e “A Fonte da Mata...” (1930), entre outros. A poesia de Hermes Fontes é de estética simbolista.
Nos anos 1920, vários cantores interpretaram os seus poemas, com assinalável êxito. Suicidou-se no Rio de Janeiro, no Natal de 1930. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...