segunda-feira, 18 de abril de 2016

18 DE ABRIL - WALTER AVANCINI

EFEMÉRIDEWalter Nunciato Abreu Avancini, brasileiro, escritor, autor e realizador de telenovelas e mini-séries televisivas, nasceu em São Caetano do Sul no dia 18 de Abril de 1935. Morreu no Rio de Janeiro em 26 de Setembro de 2001. Era pai da actriz Andréa Avancini, do realizador de novelas Alexandre Avancini e do artista plástico Otávio Avancini.
Foi um dos mais inovadores e criativos realizadores da história da televisão brasileira, sendo o responsável pela condução de verdadeiros clássicos da tele-dramaturgia, como “A Deusa Vencida” (onde lançou Regina Duarte e Ruth de Souza),”, “Gabriela”, “Saramandaia” e “Xica da Silva”, além de mini-séries e especiais históricos, aclamados não só no Brasil, como “Morte e Vida Severina”, “Avenida Paulista”, “Rabo de Saia”, “Grande Sertão: Veredas” e “Memórias de um Gigolô”, entre muitos outros trabalhos.
Dono de um espírito inquieto, acreditava que a televisão não era apenas um veículo para «histórias padrão produzidas em ritmo industrial», mas sim um dos mais poderosos meios de expressão cultural, como conseguiu demonstrar através das suas inúmeras e brilhantes realizações. Trabalhou também em Portugal, onde dirigiu a telenovela “A Banqueira do Povo”.
As suas últimas telenovelas foram feitas na Rede Manchete, onde lançou vários actores. Walter Avancini morreu vítima de cancro na próstata, deixando inacabada a telenovela “A Padroeira”, concluída por Roberto Talma. Ao longo da sua carreira, realizou cerca de sessenta novelas e mini-séries para televisão. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...