domingo, 12 de junho de 2016

12 DE JUNHO - EDMUND WILSON

EFEMÉRIDEEdmund Wilson, jornalista, escritor e crítico literário norte-americano, morreu em Talcottville no dia 12 de Junho de 1972. Nascera em Red Bank, em 8 de Maio de 1895. Sendo um dos grandes nomes da crítica literária e social dos Estados Unidos, influenciou o gosto pelos livros da sua época, ao divulgar diversos novos escritores – William Faulkner, Ernest Hemingway e Francis Scott Fitzgerald, entre outros.
O pai era advogado e foi procurador-geral de Nova Jersey. Wilson estudou na Universidade de Princeton, depois de passar pela escola preparatória The Hill, onde foi chefe de redacção da revista de literatura da escola, “The Record”. Ainda adolescente, escreveu esta curiosa frase: «Não sou propriamente um poeta, mas sou alguém dessa espécie».
Começou a sua carreira, como repórter do jornal “New York Sun”. Mais tarde, como enfermeiro, serviu o exército durante a Primeira Guerra Mundial, passando depois a fazer parte do serviço de inteligência.
Foi director da revista “Vanity Fair” entre 1920 e 1921, trabalhando seguidamente como redactor-chefe adjunto do “The New Republic” e como crítico literário no “The New Yorker”.
As suas obras — peças de teatro, poemas e romances — influenciaram romancistas como Upton Sinclair, John Dos Passos e Sinclair Lewis, embora o seu forte tenha sido a critica literária.
O livro “Castelo de Axel: Estudo Sobre a Literatura Imaginativa de 1870 a 1930”, publicado em 1931, foi uma extensa pesquisa sobre o Simbolismo. A obra abrange autores como Arthur Rimbaud, W. B. Yeats, Paul Valéry, T. S. Eliot, Marcel Proust, James Joyce e Gertrude Stein.
No seu livro mais famoso, “Rumo à Estação Finlândia” (1940), Wilson estudou o curso do socialismo europeu, a partir de 1824, culminando com a chegada de Lenine para liderar a Revolução Bolchevique, em 1917.
Wilson tinha interesse na cultura moderna como um todo e muitos dos seus escritos ultrapassavam o domínio da pura crítica literária. Os seus primeiros trabalhos são fortemente influenciados pelas ideias de Freud e de Marx.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...