segunda-feira, 27 de junho de 2016

27 DE JUNHO - IVAN VAZOV

EFEMÉRIDE Ivan Minchov Vazov, escritor búlgaro, nasceu em Sopot no dia 27 de Junho de 1850. Morreu em Sófia, em 22 de Setembro de 1921. É considerado como uma personalidade eminente da História da Bulgária e o “patriarca da Literatura Búlgara”.
Fez os seus estudos em Sopot, Kalofer e Plovdiv, tendo estudado igualmente na Roménia (1870). Pertenceu à Academia de Ciências da Bulgária.
Escreveu a sua primeira poesia” (“Luta”) em 1870. Em 1876, publicou a colecção de poemas “Pryaporetz e Gusla”.
A+pesar de ser conhecido sobretudo pela sua actividade literária, foi também uma figura activa na política do seu país, nos fins do século XIX. A Bulgária estava ocupada pelos otomanos desde 1396. Em 1875, Vazov participou – em Sopot – em acções do comité revolucionário local.
Emigrou para a Roménia em 1876, instalando-se em Bucareste onde se tornou membro da Sociedade Central de Beneficência Búlgara.
No seguimento da guerra russo/turca de libertação (1877/78), Ivan Vazov regressou à Bulgária, ao lado das tropas russas.
Em Maio de 1879, foi nomeado presidente do tribunal civil de primeira instância de Berkovica. A partir de 1880, passou a dedicar-se a actividades culturais e políticas em Plovdiv. Participou, juntamente com o escritor Konstantin Veličkov, na redacção do jornal “A Voz do Povo”, que foi publicado até 1885. Ainda em 1880, Vazov foi eleito deputado da Assembleia Regional, que presidiu em 1884/85.
Russófilo convicto, decidiu deixar o país depois de um golpe militar em 1886, indo instalar-se em Odessa durante dois anos.
No Verão de 1889, voltou a Sófia com a ideia de se dedicar essencialmente à actividade literária. Em 1894, ingressou no Partido do Povo, que fora recentemente formado. Foi eleito deputado em 1894 e 1896. Em 1897/99, foi ministro da Educação. Abandonou depois, em definitivo, a vida política, para se dedicar exclusivamente à literatura até ao fim dos seus dias.
Como escritor, deixou uma imensa herança, que teve largas repercussões no desenvolvimento da literatura búlgara. Deixou uma extensa obra em poesia e prosa. Os seus temas recorrentes eram a beleza natural da Bulgária e o patriotismo do seu povo face ao ocupante turco. 
A casa onde nasceu foi transformada em museu e, numa praça vizinha, encontra-se uma estátua com a sua efígie.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...