domingo, 16 de setembro de 2012

EFEMÉRIDEJosé Manuel de Mello, empresário português, neto de Alfredo da Silva e herdeiro da CUF, morreu em 16 de Setembro de 2009, depois de ter sido vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) que o deixou em coma durante três anos. Nascera em Cascais no dia 8 de Dezembro de 1927.
Iniciou a sua vida profissional na empresa do avô, vendendo adubos para o Médio Oriente. Antes de 1974, desenvolveu diversas empresas industriais dentro do grupo CUF, como a Lisnave e Setenave, e começou os negócios com a Banca, os Seguros e a Saúde. Depois do 25 de Abril 1974, José Manuel de Mello, que teve 12 filhos, viu as empresas fundadas pelo avô serem nacionalizadas e saiu do país. Voltou algum tempo depois e começou tudo de novo.
Até se ter retirado da vida empresarial, em 2004, alargou e reforçou os negócios do Grupo Mello nos sectores da Banca, Seguros, Saúde, Energia, Telecomunicações e Combustíveis. Actualmente, o grupo está presente em empresas estratégicas nacionais, como a Brisa, a CUF, a Efacec, José de Mello Saúde e EDP.
O percurso e o empreendedorismo de José Manuel de Mello foram destacados pelo presidente da República, Cavaco Silva, que o considerou uma «figura ímpar no espaço empresarial português», na nota de condolências que enviou à família. «Sempre assumiu uma atitude empresarial pautada por um empreendedorismo dinâmico e inovador, a que soube também agregar um grande sentido de responsabilidade das suas empresas em relação à sociedade envolvente», salientou ainda Cavaco Silva.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...