domingo, 17 de julho de 2016

17 DE JULHO - JAMES CAGNEY

EFEMÉRIDEJames Francis Cagney Jr., actor, produtor e realizador norte-americano, nasceu em Nova Iorque no dia 17 de Julho de 1899. Morreu na mesma cidade em 30 de Março de 1986. Era um actor multifacetado, mas que se tornou célebre sobretudo ao interpretar papéis violentos.
Nascido no bairro pobre de Yorkville, em Manhattan, trabalhou como moço de recados, empregado de mesa e empacotador numa loja, para poder custear os estudos, tendo chegado a frequentar a Universidade de Columbia, que abandonou para se dedicar ao teatro.
Durante a década de 1920, actuou em várias companhias de teatro musical, especialmente na Broadway e em Nova Orleães, como dançarino, sapateador e actor. Foi na Broadway que conheceu Frances Willard Vernon, com quem se casou em 1922.
Descoberto pela Warner, ao actuar na peça “Penny Árcade”, iniciou-se no cinema em 1930 com o filme “Sinner's holiday”.
Em 1942, fundou a sua própria companhia produtora, juntamente com o irmão William. Em 1957, estreou-se como realizador em “Short cut to hell”. Foi presidente do Sindicato dos Actores entre 1942 e 1944, tendo sido também um dos seus fundadores.
Cagney não fumava e raramente bebia, mas transformou-se no maior “durão” do cinema norte-americano, especializando-se em papéis de gangsters.
Em 1961, após ter feito um papel cómico num filme de Billy Wilder, afastou-se do cinema. Protagonizara mais de sessenta filmes e fora nomeado três vezes para os Oscars (1936, 1942 e 1955). Recebeu o Oscar de Melhor Actor em 1942.
Voltaria quase vinte anos depois – em 1980 – para interpretar o papel de chefe de polícia em “Ragtime”, um filme realizado por Milos Forman.
James Cagney morreu aos 86 anos, vitimado por um ataque cardíaco enquanto dormia. Tem uma estrela no Passeio da Fama no Hollywood Boulevard.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...