sexta-feira, 22 de julho de 2016

22 DE JULHO - GIOVANNINO GUARESCHI

EFEMÉRIDEGiovannino Guareschi, jornalista, cartoonista e romancista italiano, morreu em Cervia no dia 22 de Julho de 1968, vítima de crise cardíaca. Nascera em Fontanelle di Roccabianca, em 1 de Maio de 1908. Ficou conhecido sobretudo pela criação dos personagens Don Camillo e Peppone (1948).
Estudou Direito e foi professor de bandolim. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi deportado para a Polónia pelos alemães, depois do armistício italiano (Setembro de 1943).   
Começou a sua carreira como jornalista e redactor, primeiro no semanário satírico “Bertoldo” e depois no semanário humorístico”Candido”, que fundou em 1945 e do qual foi director durante vários anos.
Giovannino Guareschi resumia assim a sua biografia: «A minha vida começou em 1908 e, depois, pela força das coisas, continuou.».  
Os relatos das peripécias entre Don Camillo, um padre não-conformista, e Peppone, um autarca comunista, foram traduzidos em várias línguas, tornando-o num dos escritores mais lidos na época.
Nos anos 1950, foi condenado várias vezes por «difamar as mais altas autoridades do Estado». Esteve detido durante 409 dias por ultraje ao Presidente da República e ao Primeiro-ministro, na qualidade de jornalista.
Os seus romances permitiram a realização de vários filmes de sucesso, com Fernandel no papel de Don Camillo e Gino Cervi no de Peppone. Escreveu cerca de cinquenta livros, alguns publicados postumamente. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...