sexta-feira, 14 de outubro de 2016

14 DE OUTUBRO - RAY EWRY

EFEMÉRIDERay Ewry, de seu nome completo Raymond Clarence Ewry, campeão olímpico norte-americano no começo do século XX, nasceu em Lafayette (Indiana) no dia 14 de Outubro de 1873. Morreu em Long Island (Nova Iorque), em 29 de Setembro de 1937. Conquistou oito medalhas de ouro nas Olimpíadas de 1900, 1904 e 1908, depois de ter contraído poliomielite na infância.
Ray teve de andar de cadeira de rodas por causa da doença e a família acreditava que ele ficaria paralítico para toda a vida. Entretanto, através de constante tratamento e de exercícios, conseguiu superar a doença e readquirir plenamente os movimentos.
Após se licenciar em Engenharia na Universidade de Purdue, passou a integrar a equipa de atletismo do New York Athletic Club, famoso pelo talento dos seus atletas. Ali se especializou em provas olímpicas que hoje já não existem, como o salto em altura, o salto em distância e o triplo salto, todos sem corrida. Eram provas iguais às de hoje, só que o atleta não podia correr nem tomar balanço, partindo de uma posição completamente estática, com os dois pés no chão e usando apenas o próprio impulso do corpo. Nestas provas, Ewry provaria ser o melhor do mundo durante quase uma década, sem ter rivais ao seu nível.
Nas Olimpíadas de Paris (1900), ganhou as medalhas de ouro das três provas, realizadas todas no mesmo dia. Nos Jogos de 1904, em St. Louis, defendeu os seus títulos com sucesso, conquistando novamente três medalhas de ouro.
Após estes últimos Jogos, o triplo salto sem corrida foi eliminado do programa olímpico, mas Ewry continuou a dominar os dois saltos restantes. Vencendo novamente nos Jogos intercalares não oficiais de 1906, voltou a dominar nos Jogos de Londres em 1908, conquistando mais duas medalhas de ouro para a sua ‘colecção olímpica’, num total de oito. Se forem consideradas as duas medalhas conquistadas nos Jogos de 1906, não reconhecidos pelo COI apesar de terem sido organizados por ele, Ray Ewry é um dos maiores campeões olímpicos de todos os tempos em provas individuais.
Como o fim destas modalidades no atletismo olímpico em 1912, Ewry abandonou a carreira no começo da década de 1910 para se dedicar à engenharia. As suas marcas permaneceram muitos anos como recordes, sendo que uma delas – o salto em distância sem corrida (3,47m) – continuou a ser um recorde mundial imbatível até à sua extinção por completo nos anos 1930.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...