domingo, 9 de outubro de 2016

9 DE OUTUBRO - CHUCHO VALDÉS

EFEMÉRIDEChucho Valdés, de seu verdadeiro nome Dionisio Jesús Valdés Rodríguez, pianista cubano de jazz, nasceu em Quivicán no dia 9 de Outubro de 1941. O pai, Bebo Valdés, era também pianista e compositor.
A sua obra é uma mescla de jazz, música cubana e música clássica. Como o pai, está associado à corrente de jazz afro-cubano.
Em 1973, fundou o Irakere, que foi o primeiro grupo cubano a ganhar um Grammy Award (1988). Ao longo da sua carreira, publicou 31 álbuns, dos quais cinco receberam os Grammies e 14 foram nomeados para o mesmo prémio. 
Tem recebido várias distinções, de que se salientam os doutoramentos honoris causa na Universidade de Victoria (Canadá) e no Instituto Superior das Artes de Havana.
Estreou-se num cabaret chique do qual o pai era então director artístico, o Tropicalia, na capital cubana. «Era preciso saber fazer tudo», contou ele. «Acompanhar vedetas de passagem, como Sarah Vaughan, Nat King Cole e solistas de jazz; interpretar Manuel de Falla já num contexto clássico; e acabar com uma fantasia brasileira de Ary Barroso…».
Com o advento do regime castrista, ao contrário do pai, resolveu ficar em Cuba. Constituiu diferentes grupos, nomeadamente a Orquestra Cubana de Música Moderna. Desde há vários anos, tem um quarteto – os Afro-Cuban Messengers – cuja composição é continuamente renovada.
Em Outubro de 2006, Chucho Valdés foi nomeado Embaixador da Boa Vontade (ONU) para a alimentação e a agricultura (FAO).
Em 2009, juntou o seu piano à voz da cantora espanhola Concha Buika, num álbum intitulado “El Ultimo Trago”, homenagem à cantora mexicana Chavela Vargas, que morreria em 2012 com 93 anos.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...