domingo, 29 de janeiro de 2017

29 DE JANEIRO - COLLEEN MCCULLOUGH

EFEMÉRIDEColleen McCullough, escritora australiana, morreu na ilha Norfolk no dia 29 de Janeiro de 2015. Nascera em Wellington, em 1 de Junho de 1937. É conhecida sobretudo pelo seu romance “Os pássaros escondem-se para morrer” (“The Thorn Birds”), escrito em 1977.
Era filha de mãe neozelandesa e pai escocês. Durante a sua adolescência, a família mudou-se para Sidney, onde ela estudou Medicina. No seguimento de uma alergia que a tornava inapta para esta profissão, tornou-se especialista em Neurociências.
Trabalhou em diferentes hospitais de Sidney, mudando-se para Londres em 1963, prosseguindo a sua carreira. Em 1967, foi trabalhar para o serviço de Neurologia da Yale Medical School em New Haven, no Connecticut (Estados Unidos), onde foi professora e continuou as suas pesquisas.
Para melhorar a sua situação económica, lançou-se na pintura e na literatura. Publicou “Tim”, em 1974, e “Os pássaros escondem-se para morrer”, três anos depois. Com este último romance, alcançou fama mundial.
Voltou a Inglaterra para prosseguir a carreira de cientista, mas a sua nova notoriedade empurrou-a para a literatura em exclusividade. No fim dos anos 1970, instalou-se com o marido na ilha Norfolk. 
Colleen McCullough foi autora de vários livros com temas históricos e sentimentais. Entre 1990 e 2007, publicou a série “Os Mestres de Roma”, romances consagrados à história da república romana.
Em 2006, tentou os romances policiais e escreveu cinco em que a protagonista comum era a inspectora Carmine Delmonico.
Morreu aos 77 anos. Era membro da Academia das Ciências de Nova Iorque. Duas das suas obras foram adaptadas ao cinema (1979 e 1985) e três à televisão (duas mini-séries e um telefilme). Foi galardoada com o oficialato da Ordem da Austrália.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...