sábado, 24 de janeiro de 2015

24 DE JANEIRO - EDITH WHARTON

EFEMÉRIDEEdith Newbold Jones Wharton, escritora norte-americana, nasceu em Nova Iorque no dia 24 de Janeiro de 1862. Morreu em Saint-Brice-sous-Forêt, França, em 11 de Agosto de 1937. Recebeu o Prémio Pulitzer de 1921, pelo romance “The Age of Innocence”.
A sua família pertencia à alta sociedade nova-iorquina. Passou uma parte da sua infância na Europa: Paris primeiro, depois Bad Wildbad na Alemanha e Florença. A família só voltou aos EUA em 1874.
Desde muito pequena, Edith mostrava ter uma inteligência e imaginação excepcionais. Na adolescência, escreveu diversos poemas e uma novela (“Fast and Loose”) acabada em 1877. Publicou por sua conta uma recolha de poesias, “Verses”, em 1878. Vários dos seus poemas começaram também a aparecer nas páginas do “Atlantic Monthly” a partir de 1880.
Aos 23 anos, casou-se com Edward (Teddy) Robin Wharton, doze anos mais velho. O casal não partilhava nenhum interesse intelectual nem artístico, acabando por se divorciar em 1913, após várias infidelidades por parte de Teddy, cuja saúde mental também se deteriorava.
Em 1890, a sua primeira novela escrita na idade adulta (“Mrs Manstey's View”)  foi publicada no “Scribner's Magazine”, onde passou a colaborar regularmente. Em 1893, conheceu nos Estados Unidos o escritor Paul Bourget, que a iria mais tarde introduzir nos meios culturais e da alta sociedade parisiense.
A sua primeira grande obra, “The Decoration of Houses” em colaboração com o arquitecto Ogden Codman e editada em 1897, teve um sucesso imediato.
Em 1902, instalou-se numa casa que a família do ex-marido tinha feito construir em Lenox. Regressou no entanto à Europa no ano seguinte. Em 1907, fixou-se em França, onde conviveu com escritores de nomeada e com várias personalidades importantes de passagem em Paris, graças aos conhecimentos de Paul Bourget. Durante a Primeira Guerra Mundial, fundou os American Hostels for Refugees, angariou fundos e visitou hospitais de campanha. Contou estas visitas no livro “Fighting France: From Dunkerque to Belfort”. Recebeu depois a Legião de Honra Francesa.
Edith Wharton foi a primeira mulher que recebeu o doutoramento honoris causa da Universidade de Yale.
Em Abril de 1934, publicou a sua autobiografia – “A Backward Glance”. Um ano depois, teve uma crise cardíaca sem sequelas. Sofreu nova crise em Junho de 1937, sucumbindo dois meses depois. Foi sepultada no cemitério de Gonards em Versailles. O seu nome está inscrito no National Women's Hall of Fame.
Da sua obra, fazem parte – entre outros livros -  22 romances, 12 colectâneas de contos, e 3 recolhas de poesia. A Biblioteca Beinecke   da Universidade Yale abriga a Colecção Edith Wharton, que contém cerca de 50 000 itens, entre cartas, manuscritos, fotografias e diversos objectos pessoais da escritora.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...