terça-feira, 6 de janeiro de 2015

6 DE JANEIRO - EMMERICO NUNES

EFEMÉRIDE Emmerico Hartwich Nunes, pintor, ilustrador e caricaturista português, nasceu em Lisboa no dia 6 de Janeiro de 1888. Morreu em Sines, em 18 de Janeiro de 1968. Pertence à primeira geração de artistas modernistas portugueses.
De ascendência portuguesa por parte do pai e alemã por parte da mãe, a sua vida e obra seriam «fortemente marcadas pela sua condição de artista entre duas pátrias».
Partiu para Paris em 1906, onde permaneceu até 1911. Seguidamente, esteve em Munique (1911/14), tornando-se colaborador da revista semanal “Meggendorfer Blätter”. Após a eclosão da 1ª Guerra Mundial, fixou residência em Zurique (1914/18). Realizou exposições individuais na Suíça, mantendo a colaboração com a revista alemã.
Regressou a Portugal em 1918. Tornou-se colaborador efectivo da revista semanal “Fliegende Blätter” (1919/36); colaborando igualmente nas revistas espanholas “Buen Humor” e “Esfera e Mundo Gráfico” (1920/36). Em Portugal, a partir da década de 1920, colaborou em revistas como: “ABC”, “ABC-zinho”, “Ilustração”, “Magazine Bertrand”, “O riso d'a vitória” e “Panorama”.
Pintor, desenhador publicitário, ilustrador e restaurador de pinturas, foi acima de tudo como desenhador humorista que se notabilizou, tendo exposto nas Exposições dos Humoristas entre 1912 e 1924. Para além de centenas de desenhos publicados em periódicos alemães, suíços, holandeses, espanhóis e portugueses, a sua obra inclui uma importante produção de pintura (retratos, auto-retratos e paisagens).
Expôs nas exposições da Sociedade Nacional de Belas Artes entre 1910 e 1956, tendo ganho a 1ª Medalha de Caricatura em 1910 e a 2ª Medalha de Pintura em 1917. Participou também nas Exposições de Arte Moderna do S.P.N./S.N.I. de 1935 a 1951.
Entre 1937 e 1939, integrou a equipa de decoradores do S.P.N. (Secretariado de Propaganda Nacional) encarregue da realização dos pavilhões de Portugal, em exposições realizadas em Paris, Nova Iorque e S. Francisco. Participou igualmente na decoração da Exposição do Mundo Português, em 1940, sendo agraciado com a comenda do Oficialato da Ordem de Cristo.
Viveu grande parte da sua vida em Sines, onde viria a falecer. Em 1972, a sua obra multifacetada foi exposta no Secretariado Nacional de Informação, em Lisboa.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...