quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

28 DE JANEIRO - CÍCERO DIAS

EFEMÉRIDECícero dos Santos Dias, pintor modernista brasileiro, morreu em Paris no dia 28 de Janeiro de 2003. Nascera em Escada, Pernambuco, em 5 de Março de 1907.
Em 1920, com treze anos, foi para o Rio de Janeiro. Entre 1925 e 1927, estudou pintura e conheceu muitos intelectuais e artistas da época, tornando-se amigo dos modernistas de São Paulo (Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral e Emiliano Di Cavalcanti, entre outros). Conheceu igualmente Blaise Cendrars, quando este foi ao Brasil.
Em 1928, realizou a sua primeira exposição individual no Rio de Janeiro e, no ano seguinte, abandonou a Escola de Belas Artes, passando a dedicar-se exclusivamente à pintura. Em 1930, participou numa importante exposição de artistas brasileiros no Museu Nicholas Roerich de Nova Iorque.
Em 1937, executou o cenário do Ballet de Serge Lifar e Villa Lobos, expôs numa mostra colectiva de pintores modernistas que teve lugar em Nova Iorque e viajou para Paris, onde se fixou definitivamente.
Em Paris, tornou-se amigo de Picasso, de Fernand Léger e do poeta Paul Éluard, entrando em contacto com o surrealismo. Durante a ocupação da França pelos alemães, colaborou com a Resistência francesa.
Em 1943, participou no Salão de Arte Moderna de Lisboa onde foi premiado e, em 1945, voltou a Paris ligando-se ao grupo dos abstractos. Neste mesmo ano, expôs em Londres, em Paris (UNESCO) e em Amesterdão.
O ano de 1948 marcou uma actividade mais intensa no Brasil, interessando-se sobretudo por murais. Em 1949, esteve na Exposição de Arte Mural, em Avinhão, França. Em 1950, participou da Bienal de Veneza. No início dos anos 1960, pintou diversas telas com retratos de mulheres.
Em 1965, a Bienal de Veneza realizou uma exposição retrospectiva dos quarenta anos de pintura de Cícero Dias. Em 1970, fez exposições individuais no Recife, no Rio de Janeiro e em São Paulo.
Em Fevereiro de 2002, esteve na capital pernambucana para o lançamento de um livro sobre a sua trajectória artística e fez uma exposição na galeria Portal, em São Paulo.
Faleceu aos 95 anos na sua residência parisiense, rodeado da esposa, da filha e dos dois netos. Foi sepultado no cemitério Montparnasse, no centro de Paris. 

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...