sexta-feira, 12 de junho de 2015

12 DE JUNHO - NORMA SHEARER

EFEMÉRIDE – Edith Norma Shearer, actriz nascida no Canadá e naturalizada norte-americana, morreu em Los Angeles no dia 12 de Junho de 1983. Nascera em Montreal, em 10 de Agosto de 1902. Foi uma das actrizes mais populares do mundo, a partir de meados da década de 1920 e até à sua retirada em 1942. Ganhou um Oscar de Melhor Actriz em 1930.
Na infância, teve lições de esqui, natação, patinagem, dança e piano. Aos 14 anos, ganhou um concurso de beleza. Filha de um rico arquitecto de Montreal, mudou-se com a mãe e a irmã para Nova Iorque após a falência do pai.
Aos dezasseis anos, com os olhos azuis, bonita e vistosa, já se adivinhava nela uma futura estrela. A sua carreira começou ainda no tempo do cinema mudo, dividindo as atenções do público e da crítica com Mary Pickford. O produtor Irving Thalberg interessou-se por ela, contratou-a e, em 1925, Shearer fazia já papéis principais, atingindo o grande estrelato em 1928. Casou-se com Thalberg, com quem teve dois filhos.
Foi uma das poucas actrizes do cinema mudo a tornar-se estrela também no cinema sonoro. A Metro Goldwyn Mayer considerou-a como a Primeira-dama dos Ecrãs. Ficou viúva em 1936 e abandonou o cinema durante dois anos, voltando em 1938 para filmar “Maria Antonieta”.
Norma foi nomeada seis vezes para os Oscars de Melhor Actriz, tendo conquistado o troféu em 1930, com “A Divorciada”.
Contraiu matrimónio em 1942, com o campeão e instrutor de esqui francês Martin Arrouge, vinte anos mais novo do que ela. Decidiu então, pôr um ponto final definitivo na carreira. Viveu com Martin até à sua morte, aos 81 anos, depois de sofrer três derrames cerebrais.
Norma Shearer tem uma estrela no Passeio da Fama, no Hollywood Boulevard. Foi sepultada no Grande Mausoléu do Forest Lawn Memorial Park, em Glendale, na Califórnia.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...