sábado, 7 de novembro de 2015

7 DE NOVEMBRO - LEATRICE JOY

EFEMÉRIDELeatrice Joy, de seu verdadeiro nome Leatrice Johanna Zeidler, actriz norte-americana (a mais prolífica durante a era do cinema mudo), nasceu em Nova Orleães no dia 7 de Novembro de 1893. Morreu em Riverdale, Bronx, Nova Iorque, em 13 de Maio de 1985, vitime de anemia aguda, aos 91 anos de idade. Tinha ascendência austríaca e francesa por parte do pai e alemã e irlandesa por parte da mãe.
Leatrice adoptou o seu nome artístico quando começou a fazer teatro. Iniciou-se no cinema em 1915, trabalhando para a Nola Film Company, uma pequena empresa baseada em Nova Orleães.
Em 1917, instalou-se em Hollywood – o novo centro do cinema de então – começando a protagonizar pequenas curtas-metragens cómicas com Billy West e Oliver Hardy. Foi depois contratada pelos estúdios de Samuel Goldwyn, tendo começado por contracenar com Mary Pickford em “The Pride of the Clan”.
A partir de 1920, a sua carreira foi de vento em popa e tornou-se rapidamente numa actriz muito popular. Fazia frequentemente papéis de mulher forte e independente, muito apreciados pelo público, particularmente feminino. Os seus cabelos curtos e a sua aparência arrapazada entraram também na moda daqueles anos 1920
O cineasta Cecil B. DeMille intercedeu para a fazer assinar um contrato pela Paramount Pictures em 1922. Protagonizou então “Saturday Night”, que teve enorme sucesso. Seguiu-se o melodrama “Manslaughter”. Fez numerosos filmes que foram outros tantos êxitos.
Em 1925, com muita pena dos estúdios, Joy deixou a Paramount e seguiu DeMille, sendo contratada pela Producers Distributing Corporation.
Um desacordo profissional conduziu à ruptura com DeMille em 1928 e ingressou na Metro-Goldwyn-Mayer. Foi cabeça de cartaz do segundo filme parcialmente falado da MGM, “The Bellamy Trial”. Adaptou-se dificilmente ao novo cinema, em parte devido à sua forte pronúncia sulista frente à dicção refinada das novas actrizes. Em 1929, viu-se sem contrato.
A partir dos anos 1930, achou-se na condição de semi-aposentada, embora fizesse alguns pequenos papéis, por exemplo em “Love Nest” (1951), onde figurava também a jovem Marilyn Monroe. Deu por terminada a sua carreira em 1954.
Em 1984, apareceu na série televisiva documental “Hollywood: A Celebration of the American Silent Film”.
Leatrice casou com John Gilbert em 1922, tendo-se divorciado no ano seguinte, voltando a consorciar-se em 1931 com William S. Hook. Tem uma estrela no Hollywood Walk of Fame

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...