sábado, 19 de novembro de 2016

19 DE NOVEMBRO - CHARLIE KAUFMAN

EFEMÉRIDE – Charles “Charlie” Stuart Kaufman, guionista e realizador norte-americano, nasceu em Nova Iorque no dia 19 de Novembro de 1958. Foi considerado pela revista “Premiere” como uma das 100 pessoas mais influentes de Hollywood.
Começou a sua carreira na televisão, escrevendo dois episódios da série “Get a Life” e colaborando nos guiões de uma dezena de outras séries, como “Ned and Stacy” e “The Dana Carvey Show”.
Numa indústria em que a noção de autoria se concentra na figura do realizador, Kaufman tornou-se uma excepção. A respeito desta questão, a professora da Universidade de Kent, Cecília Sayad, escreveu o ensaio “O Jogo da Reinvenção” (2008).
Kaufman fez o seu primeiro guião para o filme “Being John Malkovich” (realizado por Spike Jonze), que foi nomeado para os Oscars de Melhor Guião Original e de Melhor Realizador.
Em 2002, voltou a trabalhar com Jonze, novamente como guionista, no filme “Adaptação”, que lhe rendeu nova indicação para o Oscar de Melhor Guião.
Kaufman também escreveu o guião de “Confessions of a Dangerous Mind”, uma cine/biografia baseada na autobiografia não autorizada de Chuck Barris. O filme centra-se na alegação de Barris de ter sido um assassino da CIA e foi o primeiro filme realizado por George Clooney. Kaufman ficou muito zangado com Clooney porque ele fez alterações drásticas no seu script sem o consultar (em vez disso, consultou Barris).
Em 2004, “Eternal Sunshine of the Spotless Mind” foi o segundo filme de Kaufman com o realizador Michel Gondry. Conquistou, com esta película, o seu primeiro Oscar de Melhor Guião Original.
Kaufman fez a sua estreia, como realizador, em “Synecdoche, New York”, filme que foi apresentado no Festival de Cannes em 2008.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...