sexta-feira, 14 de abril de 2017

14 DE ABRIL - JULIE CHRISTIE

EFEMÉRIDEJulie Frances Christie, actriz britânica, nasceu em Chabua, na Índia, em 14 de Abril de 1940. Conquistou um Oscar e um BAFTA, em 1966; um Globo de Ouro e um Screen Actors Guild Award, em 2008.
Após o divórcio dos pais, viveu com a mãe na zona rural do País de Gales, estudou na Escola Central de Expressão e Drama e fez a sua estreia em produções da televisão britânica em 1957.
Ficou famosa na década de 1960 e continuou a trabalhar em diversos filmes durante os anos 1970, em grande parte com Warren Beatty. Afastou-se durante a década de 1980, ficando bastante tempo a actuar apenas em pequenos filmes, até que regressou em produções independentes, que vieram dar novo alento à sua carreira.
Foi nomeada quatro vezes para os Oscars: em 1966, com “Darling”; em 1972, com “McCabe & Mrs. Miller”; em 1998, com “Afterglow”; e em 2008, com “Away from Her”, tendo vencido em 1966. Ficou em 18º lugar na lista IMDB, que indica as Melhores Actrizes de Todos os Tempos.
Chegou a ser candidata ao papel de Honey Rider no primeiro filme de James Bond, “Dr. No”, mas o produtor achou que ela tinha os seios muito pequenos para o papel.
Em 1962, tinha actuado como coadjuvante nas comédias dos Ealing Studios, “Crooks Anonymous” e “The Fast Lady”. O grande sucesso chegou, quando o realizador John Schlesinger a lançou no filme “Billy Liar”, que lhe rendeu uma nomeação para o BAFTA.
Mais tarde, Schlesinger fez com que Christie ficasse mundialmente conhecida pelo papel de prostituta no filme “Darling”.
Em 1965, protagonizou mais dois filmes: “Young Cassidy”, realizado por John Ford, e “Doutor Jivago” produzido por David Lean. Nos anos seguintes, actuou em diversos filmes, incluindo “Fahrenheit 451” (1966), “Far from the Madding Crow” (1967) e “Petulia” (1968, com George C. Scott).
Mais recentemente, entrou em “Red Riding Hood” (2011) e “The Company You Keep” (2012).
Em 1965, chegou a ficar noiva de Don Bessant, que era um professor de arte, antes de começar o famoso relacionamento com Warren Beatty. Também se relacionou com Terence Stamp e Donald Sutherland, mas o relacionamento mais duradouro foi com Duncan Campbell, um jornalista do “The Guardian”, que começou no fim da década de 1970 e com quem se casou em 2007.
Além de feminista, Christie é defensora dos direitos dos animais, defensora do meio ambiente e já se declarou contra as armas nucleares. Foi também extremamente activa numa campanha de solidariedade com a Palestina.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...