terça-feira, 21 de fevereiro de 2012




EFEMÉRIDEHubert de Givenchy (Hubert-James Marcel-Taffin Givenchy), aristocrata e estilista francês, criador da marca de alta-costura com o seu nome, nasceu em Beauvais no dia 21 de Fevereiro de 1927.


Muito cedo demonstrou interesse pela moda. Depois de visitar, aos dez anos de idade, uma exposição de figurinos dos mais famosos estilistas franceses, identificou-se desde logo com o universo da alta-costura. Aos 17 anos, foi para Paris, levando uma pasta cheia de desenhos e uma mala repleta de sonhos. Ao contrário do que a família desejava, Givenchy não se tornou advogado, tendo cursado a Escola de Belas Artes de Paris. Trabalhou nas casas de Jacques Fath, Robert Piguet, Lucien Lelong, Christian Dior e Elsa Schiaparelli, tendo aberto a sua própria casa de alta-costura em 1953. O reconhecimento foi quase imediato. Nesse mesmo ano, apresentou a sua primeira colecção.


O ano de 1953 foi muito importante para Givenchy, pois conheceu aquela que seria a sua musa inspiradora, amiga e responsável por muito do seu sucesso internacional – a actriz Audrey Hepburn. O estilista criou modelos para ela, imortalizados em diversos filmes. Ficaram ligados por uma grande amizade até à morte da actriz ocorrida em 1998. Além de Audrey Hepburn, Givenchy vestiu várias mulheres famosas, como Jacqueline Kennedy, Grace Kelly, a imperatriz Farah Pahlavi, as actrizes Marlene Dietrich, Greta Garbo, Lauren Bacall, Jeanne Moreau e Ingrid Bergman.


Foi o primeiro designer de alta-costura a apresentar uma colecção feminina de pronto-a-vestir, intitulada “Givenchy Université” (1954). Em 1957, lançou os seus primeiros perfumes, um dos quais (“L'Interdit”) foi uma homenagem a Audrey Hepburn. Posteriormente, criou vários outros perfumes, de que se destacam “Amarige”, “Organza Eau de Parfum” e “Organza First Light”.


Em 1973, entrou para o mundo da moda masculina, com o lançamento da linha “Gentleman Givenchy”. Em 1981, a casa Givenchy foi vendida. A linha de perfumes foi comprada pela Veuve Clicquot e a parte de alta-costura pelo Grupo Louis Vuitton Moët Hennessy. Actualmente, a Louis Vuitton também é proprietária da linha de perfumes.


Hubert Givenchy despediu-se das passarelas em 1995, com um desfile para o qual apenas foram convidados amigos pessoais, estilistas e os principais clientes. A marca Givenchy continua porém a existir.


Muito eclético, Givenchy desenhou para os Correios Franceses dois selos com São Valentim, emitidos em Janeiro de 2007, e ocupa ainda funções dirigentes na sociedade Christie's.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...