domingo, 19 de fevereiro de 2012




EFEMÉRIDERika Zaraï, cantora israelita, nasceu em Jerusalém no dia 19 de Fevereiro de 1938. É filha de pais judeus, de origem russa e polaca.


Obteve o bacharelato aos 17 anos e fez logo de seguida o serviço militar, um ano antes da idade normal. Estudara simultaneamente no Conservatório de Música de Jerusalém, onde obteve um 1º prémio de piano, quando tinha apenas quinze anos. Durante os dezoito meses passados no exército, foi designada como produtora musical de um grupo militar, colaborando assim na comédia “Cinco sobre cinco”, que teve grande sucesso junto dos militares e que foi igualmente representada no Grande Teatro de Israel.


Foi depois para França com o sonho de começar uma carreira de cantora. Mãe há poucos meses, “com um bebé nos braços”, apresentou-se a Bruno Coquatrix, que era o director artístico do Olympia de Paris. Nessa época, ela só sabia falar inglês e hebreu. Bruno Coquatrix recusou-se a contratá-la enquanto ela não soubesse falar francês. Para subsistir, Rika cantou então em cabarets durante dois anos e meio. Encontrou num deles Eddie Barclay, que procurava precisamente cantoras “com sotaque estrangeiro”.


Gravou vários sucessos, vendendo milhões de discos, sobretudo no fim dos anos 1960 e na década seguinte. Popularizou, igualmente em francês, vários clássicos de reportório israelita, como “Hava Naguila”, “Yerushalayim shel zahav” (“Jerusalém cidade de ouro”) e “Hallelujah” (Grande Prémio da Eurovisão em 1979).


Em Novembro de 1969, foi vítima de um acidente de automóvel, estando em coma durante seis dias e imobilizada durante oito meses num aparelho de gesso. Apesar do prognóstico reservado por parte dos médicos, conseguiu recuperar totalmente ao fim de três anos.


Em 2008, festejou os 50 anos da sua carreira com a edição de um novo álbum (“Quando os homens…”), estando previstos vários concertos no Olympia para Novembro. Em Junho, porém, foi hospitalizada de urgência, vítima de um AVC, sendo colocada nos “Cuidados Intensivos” do Hospital da Salpêtrière, com paralisia parcial do lado esquerdo do corpo. Em Julho voltou para casa, começando uma fase de reeducação. A carreira estava, no entanto, definitivamente comprometida. Completa hoje 74 anos de idade.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...