quarta-feira, 25 de abril de 2012

EFEMÉRIDE Al Pacino, de seu verdadeiro nome Alfredo James Pacino, actor norte-americano, nasceu em Nova Iorque no dia 25 de Abril de 1940. É filho de pai e mãe italo-americanos, que se divorciaram quando ele tinha dois anos.
No fim da década de 1960, estudou no Actors Studio sob a supervisão de Lee Strasberg, encontrando assim a terapia para uma juventude deprimida e pobre, em que mal tinha dinheiro para os transportes. O seu talento falou mais alto, tendo ganho vários prémios e chamado a atenção do realizador Francis Ford Coppola.
Consolidou a sua carreira nos anos 1970, vindo a ser um ícone do cinema americano. O seu modo de representar é original, sendo uma referência para muitos outros actores. É considerado uma das maiores estrelas da história do cinema.
A ascensão meteórica de Al Pacino iniciou-se com o desempenho do papel de Michael Corleone, no filme de grande sucesso sobre a máfia “O Padrinho” de Coppola (1972). A sua actuação rendeu-lhe uma nomeação para o Oscar de Melhor Actor Secundário e, até aos finais da década de 1970, teve mais quatro nomeações, todas elas para Melhor Actor. Apesar de ter sido ainda nomeado por outras interpretações, somente em 1993 alcançou o almejado prémio, com o filme “Scent of a woman”, no qual desempenhava o papel de um militar reformado, cego e com um feitio irascível.
Ganhou por duas vezes os Globos de Ouro. Nos anos 1980, a carreira de Pacino entrou numa zona de penumbra, o que não o impediu de ter ainda outra nomeação para os Globos de Ouro, com o filme “Scarface”, onde representou o papel de um barão da droga. Entre 1985 e 1989 dedicou-se ao teatro, só regressando depois ao cinema, com mais uma série de excelentes interpretações.
Al Pacino, que continua a fazer teatro, começou entretanto a carreira de realizador, com os filmes “Looking for Richard” e “Chinese Coffee” a receberem o aplauso do público e da crítica.
Apesar de ser um dos poucos actores a nunca se ter casado, é pai de Julie Marie, fruto do seu relacionamento com a professora de teatro Jan Tarrant, e dos gémeos Olivia e Anton, nascidos da sua relação com a actriz Beverly D'Angelo. Democrata convicto, tomou partido por Barack Obama nas presidenciais de 2008.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...