quarta-feira, 18 de abril de 2012

EFEMÉRIDEIsoroku Yamamoto, almirante japonês, autor dos planos de ataque surpresa a Pearl Harbor durante a Segunda Guerra Mundial, morreu no espaço aéreo das Ilhas Salomão em 18 de Abril de 1943. Nascera em Nagaoka no dia 4 de Abril de 1884. Sexto filho do director de uma escola, foi dado para adopção, sendo adoptado pela família Yamamoto.
Inscreveu-se em 1901 na Academia Naval de Etajima, tendo-se diplomado em 1904. No ano seguinte, durante a guerra russo-japonesa, participou na batalha de Tsoushima. Em 1911, inscreveu-se na Escola Naval de Tsukij. No seguimento da explosão de uma bateria, perdeu dois dedos. Depois da Primeira Guerra Mundial, em 1919, deixou o Japão e ingressou na Universidade de Harvard nos Estados Unidos. Seguiu depois, definitivamente, a carreira naval, sendo promovido a almirante em 1940. Reflectiu sobre os novos paradigmas da guerra naval. «Sob meu comando…», disse ele, ao ser empossado, «…dar-se-á prioridade ao treino aéreo», ou seja, Yamamoto defendia o uso de porta-aviões nas operações avançadas. Planeou assim o ataque a Pearl Harbor, perpetrado na manhã de 7 de Dezembro de 1941.
Cerca de seis meses depois, Yamamoto sofreria uma derrota de proporções catastróficas na Batalha de Midway. Foram afundados os porta-aviões “Akagi”, “Kaga”, “Hiryu” e “Soryu” – que tinham participado no ataque a Pearl Harbor.
Yamamoto não viveria o suficiente para testemunhar a derrota japonesa. Em 18 de Abril de 1943, morreu ao dirigir-se para a inspecção das bases sob o seu comando nas Ilhas Salomão. A visita estava prevista durar apenas um dia e serviria também para elevar o moral das tropas. A 8ª Frota Japonesa havia difundido uma mensagem sobre o seu itinerário, que foi interceptada e decifrada pela marinha americana. O Almirante Chester Nimitz e o seu estado-maior analisaram a oportunidade e a possibilidade de realizar um ataque contra a formação que o ia conduzir. O avião em que seguia foi assim interceptado por 16 caças Lockheed P-38 Lightning americanos, sendo abatido e caindo na selva da ilha de Bougainville, no arquipélago das Ilhas Salomão. Yamamoto viajava com mais dois oficiais de alta patente num bombardeiro Mitsubishi G4M, com uma escolta de dois grupos de caças A6M Zero.
Apesar da morte de Yamamoto ter ocorrido no dia 18 de Abril, o povo japonês só seria informado da sua morte em 21 de Maio. Foi um duro golpe para o Japão.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...