terça-feira, 24 de abril de 2012

EFEMÉRIDEOliver Reginald Tambo, político anti-apartheid sul-africano e figura central do Congresso Nacional Africano (ANC), morreu em 24 de Abril de 1993. Nascera em Mbizana no dia 27 de Outubro de 1917.
Em 1940, foi expulso da Universidade de Fort Hare, juntamente com Nelson Mandela, por ter participado numa greve estudantil. Em 1942, regressou à Escola Secundária St Peter, em Joanesburgo, onde estudara, para leccionar ciências e matemática.
Em 1943, foi membro fundador da Liga Juvenil do Congresso Nacional Africano e seu primeiro secretário nacional. A Liga Juvenil propôs uma mudança táctica do movimento anti-apartheid. Até esse momento, o ANC havia tentado defender e divulgar a sua causa através de petições e manifestações. A Liga Juvenil do ANC não achava que tais acções fossem suficientes para atingir os seus objectivos e apresentou o seu próprio “Programa de Acção”. Este programa advogava outros métodos, como boicotes, desobediência civil, greves e “não cooperação”.
Em 1948, foi eleito para a direcção nacional do ANC e, em 1955, para secretário-geral. Em 1959, tornou-se vice-presidente do partido e recebeu do governo uma “ordem de interdição” por cinco anos. O ANC, como resposta, enviou-o ao estrangeiro para mobilizar toda a oposição anti-apartheid. Esteve envolvido na formação da Frente Unida Sul-africana, que conseguiu a expulsão da África do Sul da Commonwealth em 1961. Em 1967, tornou-se presidente interino do ANC, na sequência da morte do chefe Albert Lutuli.
Em 1985, foi reconfirmado como presidente do ANC. Regressou à África do Sul em 1991, após mais de 30 anos no exílio e depois da legalização do partido pelo Presidente da República Frederik de Klerk.
Teve um primeiro ataque cardíaco em 1989 e sofreu um segundo, fatal, em 1993. Em 2006, foi dado o seu nome ao aeroporto internacional de Joanesburgo.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...