quarta-feira, 16 de setembro de 2015

ESTADO DE ESPÍRITO...

SOLILÓQUIO

Solidão e cheiro a morte,
Como vou sobreviver?
Porque tive eu esta sorte,
Que tentei não merecer?

Adormeço p’ra sonhar,
Mas o sonho ‘inda é pior.
A vida a acabar,
Não há nada que melhore.

Viver, amar e partir,
Lamento o final da vida.
Tenho pressa de sair
Sem direito a despedida!


Gabriel de Sousa

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...