sábado, 20 de fevereiro de 2016

20 DE FEVEREIRO - ANTÓNIO CORREIA DE OLIVEIRA

EFEMÉRIDEAntónio Correia de Oliveira, poeta português, morreu em Belinho, Antas, Esposende, em 20 de Fevereiro de 1960. Nascera em São Pedro do Sul no dia 30 de Julho de 1879. Começou a publicar os primeiros poemas nos finais do século XIX, tendo tido uma carreira literária de mais de 60 anos. Foi indicado para o Prémio Nobel da Literatura pela primeira vez em 1933, por 20 membros da Academia Real das Ciências, e é recordista nacional com um total de quinze nomeações.
Estudou no Seminário de Viseu, vindo depois para Lisboa, onde trabalhou como jornalista no “Diário Ilustrado”. Tendo publicado a sua primeira obra aos 18 anos (“Ladainha”, em 1897), foi companheiro de Raul Brandão e mostrou influências de Antero de Quental e de Guerra Junqueiro.
Em 1912, casou com uma rica proprietária minhota e fixou-se na freguesia de Antas, concelho de Esposende, na Quinta do Belinho.
Poeta neo-garrettista, foi um dos escritores do Saudosismo, juntamente com Teixeira de Pascoaes e outros. Esteve ligado aos movimentos culturais do Integralismo Lusitano e das revistas “Águia”, “Atlântida” (1915/20), “Ave Azul” (1899/1900), e “Seara Nova”. Também colaborou nas revistas “O Occidente” (1877/1915), “Serões” (1901/11), “Contemporânea” (1915/26) e “Revista de Turismo”.
Convictamente monárquico, transformou-se num dos poetas oficiosos do Estado Novo, com inúmeros textos escolhidos para os livros únicos de língua portuguesa do ensino primário e secundário.
Correia de Oliveira foi nomeado para o Prémio Nobel da Literatura pela primeira vez em 1933, tendo sido nomeado num total de quinze vezes. Foi o terceiro português a ser nomeado para o Nobel da Literatura, depois de João da Câmara em 1901 e de João Bonança em 1907.
Foi pai de José Gonçalo da Cunha Sottomayor Correia de Oliveira (1921/1976), ministro da Economia entre 1965 e 1968.
Em Outubro de 1934 foi feito Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada e, em Agosto de 1955, Grande-Oficial da Ordem da Instrução Pública. Foi dado seu nome a uma escola e a uma rua em Esposende. Também é lembrado na sua terra natal, São Pedro do Sul, onde tem uma via com o seu nome e uma estátua localizada na Praça da República.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...