quarta-feira, 16 de outubro de 2013

16 DE OUTUBRO - MOSHE DAYAN



EFEMÉRIDEMoshe Dayan, militar e político israelita, morreu em Telavive no dia 16 de Outubro de 1981. Nascera em Degania, na então Palestina, território sob domínio otomano, em 20 de Maio de 1915. Foi também um notável arqueólogo amador.
Iniciou a sua vida militar aos catorze anos, na Haganah (guerrilha sionista) que combatia os árabes. Quando esta organização foi declarada ilegal pelos britânicos, em 1939, Dayan e outros elementos judeus foram presos pelas autoridades britânicas durante cerca de dois anos.
Durante a Segunda Guerra Mundial, integrou uma divisão de infantaria australiana que combateu na Síria e no Líbano. Durante os combates na Síria, em 1941, perdeu o olho esquerdo, atingido por uma bala, e passou a usar uma pala negra que o tornou uma figura inconfundível. Foi condecorado pelo exército britânico.
Em 1948, na luta pela independência, comandou a região militar de Jerusalém. Na chefia das forças armadas de Israel desde 1953 e por um período de cinco anos, planeou e liderou a invasão da península do Sinai, em 1956, o que lhe valeu a reputação de grande comandante militar.
Em 1959, passou a dedicar-se à política, ingressou no Mapai, o grande partido da esquerda israelita, e foi eleito para o Knesset (parlamento). No mesmo ano, foi nomeado ministro da Agricultura do governo de David Ben-Gurion.
Em Junho de 1967, como ministro da Defesa, foi figura de proa na vitoriosa Guerra dos Seis Dias e passou a exercer crescente influência na política externa. O seu prestígio e popularidade foram abalados, porém, em Outubro de 1973, quando o Egipto e a Síria atacaram Israel de surpresa e desencadearam a Guerra do Yom Kippur. Disse-se então que o excesso de confiança, que ele transmitira ao país durante os seis anos que mediaram as duas guerras, tinha levado a enormes perdas durante os primeiros combates.
Em 1977, retirou-se por uns tempos da vida política, reaparecendo no ano seguinte como ministro dos Negócios Estrangeiros do governo de Menachem Begin. Foi um dos obreiros dos Acordos de Camp David, os primeiros assinados entre Israel e um país árabe (Egipto). Faleceu dois anos depois, vítima de cancro no cólon.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...