sábado, 23 de maio de 2015

23 DE MAIO - BONNIE PARKER

EFEMÉRIDEBonnie Elizabeth Parker, famosa delinquente norte-americana, morreu em Bienville Parish no dia 23 de Maio de 1934. Nascera em Rowena, em 1 de Outubro de 1910. Juntamente com o namorado Clyde e a sua quadrilha, cometeu muitos assaltos no interior dos Estados Unidos no começo dos anos 1930. Ela e o companheiro ficaram conhecidos na história criminal americana como Bonnie e Clyde.
Bonnie teve uma infância pobre e difícil com a mãe e os dois irmãos, depois do pai ter falecido quando ela tinha quatro anos. A família mudou-se então para Dallas, no mesmo estado do Texas.
Apesar de ter passado uma infância na mais absoluta pobreza, Bonnie foi uma óptima aluna de Inglês e Redacção e escrevia poemas de qualidade. Venceu mesmo um Concurso Literário, organizado pela Liga de Ensino do Condado. Na adolescência, a sua facilidade em escrever fez com que chegasse a redigir introduções de discursos para políticos locais. Descrita como uma jovem inteligente, com vincada personalidade e força de vontade, Bonnie era uma loirinha atraente de 1,50 m e 41 kg.
Bonnie casou-se em Setembro de 1926, aos quinze anos, com Roy Thornton, um seu vizinho, mas o casamento durou pouco tempo e separaram-se em Janeiro de 1929. Em 1930, quando trabalhava como empregada de mesa, conheceu o homem que mudaria a sua existência, que a levaria para uma vida aventureira e fora-da-lei e que – simultaneamente – a tornaria famosa no mundo durante várias gerações: Clyde Barrow.
Clyde tinha a mesma idade de Bonnie e, quando se conheceram, foi amor à primeira vista. Bonnie largou tudo para o seguir. Dali em diante, ela mostrou-se uma leal companheira de Clyde e, com a ajuda de outros bandidos e do irmão de Barrow, formaram uma quadrilha que aterrorizou durante cerca de quatro anos o centro dos Estados Unidos, assassinando civis e polícias e assaltando bancos, lojas e postos de gasolina. A imprensa transformou-os em verdadeiros mitos, até serem mortos numa emboscada, depois de longa perseguição numa estrada deserta perto de Bienville Parish, no estado da Luisiana, em 23 de Maio de 1934.
Em 1967, o filme sobre a vida dos dois amantes, “Bonnie e Clyde”, realizado por Arthur Penn e protagonizado por Warren Beatty e Faye Dunaway, foi um campeão de bilheteiras, sendo nomeado para dez Oscars. Conquistou dois e tornou-se uma das películas mais emblemáticas do novo cinema americano, sobretudo pela crueza das suas cenas.

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...