sexta-feira, 8 de maio de 2015

PADRÕES DE BELEZA


«‘A gordura é formosura’
Dizia-se antigamente;
Hoje mudou a figura
O magro é mais atraente»
António Mendes Claudino

PADRÕES DE BELEZA
(Décimas)

I
Tudo muda neste Mundo,
Mesmo os padrões de Beleza,
Mas é com muita surpresa
E um sorriso profundo
Que eu vejo a foto ao fundo…
…Pego a antiga gravura,
Com minha mão insegura,
E lembro a alegria
Com que então se dizia:
A gordura é formosura.

II
Ser obeso era bonito,
Talvez sinal de riqueza,
Nunca trazendo tristeza.
Era sucesso num grito
Viver-se naquele mito.
Olhava-se a adolescente
De um modo bem diferente:
«Como ela é bonitinha
Pena não ser mais gordinha»
- Dizia-se antigamente.


III
Hoje só com os bebés
‘inda é costume dizer
Para aos pais dar prazer:
«É pequenino não é?
Mas é gorducho o néné!».
A moda nem sempre dura,
Tanto dá até que fura,
E novos tempos chegaram
Que quase tudo mudaram:
Hoje mudou a figura.

IV
Ser gordo é ser pior,
Ser magro é excelente
Com todos gabando a gente.
Eu olho ao meu redor
Já não sei o que é melhor!
Por trás, de lado, de frente
Ser magro é ser diferente.
Modelos passam fominha,
Porque é outra a ladainha:
Magro é mais atraente.

Gabriel de Sousa

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Acerca de mim

A minha foto
- Lisboa, Portugal
Aposentado da Aviação Comercial, gosto de escrever nas horas livres que - agora - são muito mais...